Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Saúde

Editoria sobre Saúde ir para editoria →

Paratibe

Por estrutura precária e risco de desabamento de caixa d'água, CRM-PB interdita unidade de Saúde em João Pessoa

O local apresenta estrutura física precária, com mofo, fungos, esgoto aberto próximo à entrada, uma caixa d’água com risco de cair, além do risco de infecção cruzada.

Médicos da unidade foram interditados eticamente pelo CRM-PB (Foto: Reprodução)

Por

O Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB) interditou eticamente os médicos que trabalham na Unidade Básica de Saúde Paratibe II, no bairro de mesmo nome, em João Pessoa, próximo ao Valentina Figueiredo. 

O local apresenta estrutura física precária, com mofo, fungos, esgoto aberto próximo à entrada, uma caixa d’água com risco de cair, além do risco de infecção cruzada, já que não há um fluxo definido para pacientes com síndrome gripal.

 “A unidade não tem as mínimas condições de funcionamento. É um risco para os profissionais e para os pacientes”, destacou o diretor de Fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa. Ele acrescentou que o Conselho irá enviar o relatório sobre a vistoria à diretoria técnica da UBS, à secretaria municipal de saúde, ao Ministério Público e à Defensoria Pública.

A interdição da unidade terá início a meia-noite desta terça-feira (02). A partir deste horário, os médicos que trabalham no local ficam impedidos eticamente pelo CRM-PB de prestarem os seus serviços.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Brasil registra 3.687 mortes por Covid-19 nas últimas 24 h; total no país já é de 358.718 mortos

Saúde de João Pessoa aguarda chegada de novas vacinas e alerta que vacinados podem esperar mais de 28 dias para segunda dose

João Azevêdo diz que ministro da Saúde confirmou envio de novas doses de vacinas à Paraíba até sábado

Paraíba confirma 40 mortes e 1.272 novos casos de Covid-19 nesta terça-feira