Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Saúde

Editoria sobre Saúde ir para editoria →

Falso

Fake News: áudio de suposta médica afirmando que funcionária da Frei Damião morreu por H1N1 é contestado pela Secretaria de Saúde

De acordo com o Secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, o exame realizado no Lacen-PB foi para Covid-19 e não foi testado para H1N1 e demais vírus respiratórios.

Quezia Leite morreu nesta terça-feira no hospital da Unimed (Foto: Reprodução)

Por

A Secretaria de Saúde contestou o áudio de uma suposta médica que circula nas redes sociais e afirma que o exame da Secretária da Maternidade Frei Damião, Quézia Leite, testou positivo para o vírus H1N1. De acordo com o Secretário de Saúde, Geraldo Medeiros, o exame realizado no Lacen-PB foi para Covid-19 e não foi testado para H1N1 e demais vírus respiratórios.

"A possibilidade para H1N1 existe, mas não foi testado ainda", disse o secretário.

A Saúde também afirmou que a investigação de  um óbito pela vigilância epidemiológica dura até 60 dias. 

A Secretaria alertou para divulgação de fakenews atenta contra a legislação. Para denunciar a prática de 'fake news' na Paraíba basta ligar para o Disque-Denúncia da Polícia Civil (197) ou registrar um B.O sem sair de casa, pela Delegacia on-line, no seguinte endereço: www.delegaciaonline.pb.gov.br.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Fechada após mortes de bebês, maternidade do HU de João Pessoa deve reabrir nesta quinta-feira

Brasil tem 572 mortes e 18.043 novos infectados com Covid-19 em 24 horas

Paraíba confirma 203 novos casos de Covid-19 em 24h; total de mortos chega a 1.870 e 84.211 infectados

Em meio a pandemia do novo coronavírus, cai número de casos de dengue, zika e chikungunya na Paraíba