Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Saúde

Editoria sobre Saúde ir para editoria →

Veja vídeo

Secretário de Saúde explica critérios para definir prioritários na vacinação e faz apelo para que paraibanos respeitem protocolos sanitários contra Covid-19

Beltrammi relembra que os primeiros a ser vacinados serão os profissionais de saúde que trabalham nos Centros de Referência para Covid-19.

Daniel Beltrammi fez um apelo para que os paraibanos continuem usando máscara, não aglomere e lave as mãos com frequência (Foto: Reprodução)

Por

O secretário executivo de Gestão de Redes de Saúde, Daniel Beltrammi, explicou os critérios para definir os grupos prioritários da vacinação e fez um apelo para que os paraibanos continuem respeitando os protocolos sanitários contra a Covid-19. No vídeo divulgado nesta quinta-feira (21), Beltrammi relembra que os primeiros a ser vacinados serão os profissionais de saúde que trabalham nos Centros de Referência para Covid-19. 

A Paraíba possui 18 Centros de Referência, sendo 12 deles estaduais. Os profissionais trabalham nas enfermarias, pronto-socorros e Unidades de Terapia Intensivas (UTI), destinadas à Covid-19, além do Samu, UPAs e trabalhadores que têm acesso a população com alguma síndrome gripal. 

Ainda segundo o secretário, paralelo aos profissionais estão os idosos e os portadores de necessidades especiais e deficiências que estão em instituições como abrigos, albergues e casas de amparo. 

Logo em seguida vêm as populações indígenas, para que não haja uma disseminação da doença nesses locais. 

"Essa é apenas a vacinação do grupo 1 da fase 1. Haverá uma sequência. Nós estamos aqui muito empenhados em receber o mais rápido possível as novas doses de vacina do Ministério de Saúde para começar a concluir esse primeiro grupo e alcançar os idosos, os portadores de doenças que não tem cura, como pressão alta, diabetes, transplantados, as pessoas que fazem diálise", afirmou Beltrammi. 

O secretário afirmou que sabe da angústia dos paraibanos que ainda não estão incluídos nos grupos de prioridade e afirmou que a Secretaria de Saúde não vai parar de trabalhar para conseguir as demais doses. 

Daniel Beltrammi fez um apelo para que os paraibanos continuem usando máscara, não aglomere e lave as mãos com frequência para que chegue até a vacina bem e se colocou a disposição para tirar dúvidas de todos. 

 


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Comissão formada por conselhos regionais detecta ilícitos na fundação que administra o hospital Napoleão Laureano​, na Paraíba

Brasil chega a 250 mil mortes por Covid em pior momento da pandemia

Saúde volta atrás e recomenda reserva de segunda dose da CoronaVac

Após liberação do STF, João Azevêdo diz que negociará vacina direto com laboratórios