Ação

Paraíba amplia oferta da vacina contra gripe para toda população e reforça vacinação dos grupos prioritários

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Jhony Bezerra, a Paraíba apresenta uma cobertura vacinal de influenza insuficiente, considerando a meta que é de 90%. “A imunização é nossa principal aliada para a proteção da população contra a gripe e muitas outras doenças.

vacinação, gripe

Imagem ilustrativa (Foto: reprodução)

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), está ofertando, a partir desta quinta-feira (2), a vacina contra a gripe para toda a população a partir de 6 meses de idade. A recomendação feita pelo Ministério da Saúde reforça o avanço na estratégia de imunização contra a influenza que é uma das síndromes respiratórias mais comuns e potencialmente graves.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Jhony Bezerra, a Paraíba apresenta uma cobertura vacinal de influenza insuficiente, considerando a meta que é de 90%. “A imunização é nossa principal aliada para a proteção da população contra a gripe e muitas outras doenças.

E temos avançado quanto à oferta e adesão vacinal, porém o percentual de cobertura da vacina contra a gripe na Paraíba na campanha de 2024 ainda corresponde a 32,50%. Por isso, precisamos aumentar a imunização dos grupos prioritários e de toda a população”, explicou.

Até a semana epidemiológica 16 – de 14/04 a 20/04, a Paraíba registrou 1.039 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), havendo um aumento de 35,6% nas notificações quando comparado com o boletim anterior. A maior circulação viral no estado é da Influenza A. O estado já distribuiu 1.150.560 doses e possui mais de mil salas de vacinação espalhadas por todo território.

Para a coordenadora do Núcleo de Imunizações da SES, Márcia Mayara, a ampliação é uma estratégia importante para a redução nas complicações e internações causadas pela gripe no Estado, porém os municípios precisam manter os esforços para aumentar a cobertura entre os grupos prioritários. “Mesmo com a ampliação, a gente reforça que os esforços e a atenção maior deve se manter voltada para os grupos prioritários, principalmente crianças menores de cinco anos de idade e idosos com mais de 60 anos. O cenário no nosso estado indica que esses dois públicos tiveram maior número de internações nos últimos meses, por serem os mais vulneráveis ao vírus”, pontuou.

A SES reforça a necessidade dos cuidados de rotina, bem como a importância de adesão da vacinação, sendo uma maneira eficaz para evitar agravamento dos casos e óbitos. E destaca que no dia 18 de maio será realizado um novo dia D de vacinação, com a finalidade de facilitar a oferta do imunizante contra a influenza para a população.

O público-alvo da Campanha de Vacinação contra Influenza é formado por: crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias); trabalhador da saúde; gestantes e puérperas; professores do ensino básico e superior; povos indígenas; quilombolas; idosos com 60 anos ou mais de idade; pessoas em situação de rua; profissionais das forças de segurança e salvamento; profissionais das Forças Armadas; pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independentemente da idade; pessoas com deficiência permanente; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbanos e de longo curso; trabalhadores portuários; população privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.

COMPARTILHE

Bombando em Saúde

1

Saúde

Frequência com que você faz cocô influencia na saúde, diz novo estudo

2

Saúde

Famosas com endometriose ajudam a desmistificar distúrbio que afeta 10% das mulheres e tem tratamento

3

Saúde

Conheça as 10 piores comidas para saúde e o que se pode consumir no lugar

4

Saúde

Secretaria de Saúde da Paraíba vai contratar clínicas para atender demanda de quimioterapia e radioterapia e exames

5

Saúde

7 terapias naturais que ajudam contra insônia, ansiedade e estresse