Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Tecnologia

Editoria sobre Tecnologia ir para editoria →

Soluções digitais

Nordeste ganha datacenter de R$ 50 milhões em JP para aplicações na nuvem em alta velocidade

João Pessoa foi escolhida como sede para atingir esse último objetivo. Capital da Paraíba, estado que corta o Nordeste ao meio, a cidade tem uma localização central na região

A HostDime fez uma parceria com uma empresa de telecomunicações local, a Tely (Foto: Ti Bahia.com)

Por

Com um investimento de R$ 50 milhões, a HostDime (www.hostdime.com.br) inaugura em 2017 um datacenter especializado em armazenamento de sistemas críticos no Nordeste. O empreendimento é o segundo do tipo a ser certificado pela Uptime Institute como de Tier III na região. Instalado em João Pessoa, o prédio foi construído para suprir uma carência local de infraestrutura de hospedagem com baixa latência.

O objetivo da companhia com o novo datacenter é melhorar o serviço de armazenagem para empresas que operam no Nordeste. "Na hora de hospedar um e-mail ou o próprio site da empresa não faz muita diferença o lugar. No entanto, quando falamos de ERPs, sistemas de compras e outras aplicações corporativas, a proximidade é um fator determinante da eficiência do uso", explica Renan Hannouche, diretor de soluções digitais da HostDime no Brasil. 

No datacenter nordestino, a meta é oferecer uma latência - ou seja, tempo de resposta - máxima de 10 milissegundos. “Pode parecer pouco, mas operações feitas muitas vezes ao longo do dia e que começam a demorar são um incômodo e desgastantes para a equipe”, conta Hannouche. "É como se o sistema estivesse no quintal do cliente", complementa.

João Pessoa foi escolhida como sede para atingir esse último objetivo. Capital da Paraíba, estado que corta o Nordeste ao meio, a cidade tem uma localização central na região. Além disso, a HostDime fez uma parceria com uma empresa de telecomunicações local, a Tely, para oferecer um anel de fibra ótica com dupla abordagem – um salvaguarda para garantir a segurança e a velocidade da transmissão dos dados entre os clientes e o centro de dados. 

“Nosso datacenter certificado, assim como a rede de fibra ótica interligando os estados do Nordeste, possibilitam o atendimento de todas as necessidades de infraestrutura de TI de empresas que buscam qualidade e segurança no armazenamento e conectividade de seus dados”, explica Filipe Mendes, CEO da HostDime no Brasil. 

Além de grandes e pequenas empresas que operam no Nordeste, o centro também deve ser um ponto de apoio para conteúdo em streaming, como Netflix e alguns serviços do Google, por exemplo. Como um ponto de roteamento, a infraestrutura reduz o tempo necessário para o download de vídeos, entre outros. 

"Por isso mesmo, a demanda por espaço já tem sido grande mesmo antes da estreia oficial", conta Mendes. Por enquanto, um dos dois andares do empreendimento está funcionando. Ali, 40% da capacidade já foi alocada e a perspectiva é atingir ocupação máxima até meados de 2018. 

Sobre o HostDime

Empresa de hospedagem e armazenamento em datacenters. Fundada em 2001 nos Estados Unidos, a HostDime opera desde 2006 no Brasil com um modelo de negócios voltado para o armazenamento de sistemas essenciais de grandes empresas, com serviços como colocation, servidor dedicado, cloud server e disaster recovery, entre outros. Hoje instalada em 13 países, investe no suporte ininterrupto como diferencial no mercado de datacenters. www.hostdime.com.br.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Porto Digital de Recife não consegue preencher mil vagas

Apple lança novos iPhone 11, Pro e Pro Max: veja preços e detalhes

Celular dobrável da Samsung chega às lojas; veja curiosidades

Nokia lança novo telefone 'tijolão' indestrutível e promete bateria com duração de 43 dias