Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Televisão

Editoria sobre Televisão ir para editoria →

Saída de Monalisa

Roberto Kovalick é anunciado como o novo apresentador do 'Hora 1', da Globo

A estreia na nova bancada vai acontecer na próxima segunda-feira (9). O profissional substitui Monalisa Perrone, que deixa a Globo para comandar uma atração na CNN Brasil.

Após trabalhar em Tóquio, desde 2016 ele está na Globo São Paulo como repórter especial do "Jornal Nacional" e apresenta esporadicamente o "SP2" e o "Jornal Hoje" (Foto: Reprodução/TV Globo)

Por

O jornalista Roberto Kovalick, 54, é o mais novo apresentador do programa "Hora 1", da TV Globo. A notícia foi confirmada pelo diretor-geral de jornalismo da emissora, Ali Kamel.

A estreia na nova bancada vai acontecer na próxima segunda-feira (9), a partir das 4h. O profissional substitui a jornalista Monalisa Perrone, que deixa a Globo para comandar uma atração na CNN Brasil.

Até lá, porém, o "Hora 1" será comandado pela jornalista Michelle Barros.

"Roberto Kovalick conquistou o respeito de todos nós com uma carreira sólida e cheia de êxitos aqui e no exterior. Começou em 1987 na Rádio Gaúcha de Porto Alegre e, pouco tempo depois, se tornou repórter da RBS-TV, também de Porto Alegre. Suas reportagens passaram a ser exibidas no Jornal Nacional e em outros jornais da Rede Globo e, em 1990, ele foi convidado para se transferir para a TV Globo do Rio de Janeiro, onde participou de coberturas marcantes como o sequestro do ônibus 174", disse Ali Kamel em comunicado.

Kovalick também trabalhou na sede da emissora em Brasília para fazer reportagens investigativas e políticas. A carreira dele de correspondente internacional começou em 2005, quando de Nova York começou uma empreitada que duraria dez anos.

Em 2009, foi convidado a inaugurar o escritório da TV Globo em Tóquio, onde ficou por cinco anos e teve, como cobertura mais marcante, o tsunami, que provocou o acidente nuclear de Fukushima, em 2011.

Em 2013, ele encarou o desafio de ir para Londres para fazer reportagens pela região. Lá, também fez mais coberturas importantes, como a crise na Ucrânia com a Rússia. 

Desde 2016, está na Globo de São Paulo como repórter especial do "Jornal Nacional" e apresenta esporadicamente o "SP2" e o "Jornal Hoje".

"Como âncora, leva para o Hora Um toda a sua experiência, sua clareza, seu texto impecável e sua grande capacidade de comunicação", disse Kamel em outro trecho da nota.

Ele também fez questão de elogiar Monalisa Perrone. "Somos gratos à Monalisa por sua trajetória. Depois de uma carreira nas principais rádios de São Paulo, Monalisa chegou à Globo em 1999 para integrar o time de repórteres locais. Trabalhou em todos os telejornais da Globo e foi repórter do Jornal Nacional até novembro de 2014, quando assumiu a bancada do Hora 1. Agradecemos a colaboração e desejamos sorte nessa nova etapa."

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Ator Sebastian Athié, do Disney Channel, morre aos 24 anos

Vaquinha para família de Nick Cordero chega a R$ 4,3 milhões após morte do ator

"Sinto que fiz tudo que podia", diz Sari Corte Real em entrevista ao Fantástico

Sérgio Hondjakoff diz que se arrepende de ter pedido para deixar 'Malhação'