Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Televisão

Editoria sobre Televisão ir para editoria →

Famosos

Sérgio Hondjakoff se nega a ser internado por consumo de drogas e ameaça matar o pai

Ator, que ano passado chegou a ir para uma clínica de reabilitação para tratar o vídeo em drogas, disse que queriam interná-lo à força.

Sérgio Hondjakoff aparece alterado em live. (Foto: Reprodução/Instagram)

Por

Sérgio Hondjakoff apareceu visivelmente alterado em uma live no Instagram na noite desta segunda-feira (6). O ator, de 37 anos de idade, famoso pelo personagem Cabeção, em Malhação (2000 a 2006), estava revoltado porque queria R$ 1 mil para ir a São Paulo, mas o pai, Seu Francisco, não queria dar o dinheiro.

"Fala, galera, beleza? Eu tô aqui pancadão e tá todo mundo aqui querendo me fod*r. Eu tô pedindo mil reais para o meu pai pra ir pra São Paulo e ele não quer me dar. Eles querem que eu seja internado contra a minha vontade porque eu dei uns 'tequinhos' e eu fico muito louco", disse ele, se referindo à gíria quando se consome cocaína.

Em seguida, Hondjakoff ameaça o pai com um bastão. "Pai, se você não me der mil reais eu vou ser obrigado a te matar, né? Você prefere que você me dê mil reais ou que eu te mate? Você é obrigado a me dar mil reais", declara.

Em meados de 2021, Hondjakoff foi internado em uma clínica de reabilitação em Pindamonhangaba (SP) para tratar o vício em drogas. Em agosto, o local foi interditado, acusado de manter os pacientes em cárcere privado.

Na época, o ator chegou a negar que estava na clínica, mas depois voltou atrás e disse  mentiu para preservar a família e o filho, Benjamin, que estava com  1 ano e 1 mês, fruto do relacionamento com Danielle Monteiro. "Fui internado porque foi preciso e menti para preservar minha família e, principalmente, o meu filho que só tem um aninho de idade. Tudo o que está nas redes da internet fica lá para sempre e menti porque não queria que o meu filho não tomasse conhecimento um dia desse fato depois de ele ter nascido. Peço que entendam a minha situação e que me perdoem", contou.

A Quem tentou entrar em contato com Handjakoff até a publicação desta nota, mas ainda não obteve retorno.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Jô Soares morre em São Paulo aos 84 anos

Bolsonaro é sorteado para ser o primeiro entrevistado do Jornal Nacional, da TV Globo

Mar do Sertão: nova novela da Globo terá paraibana no papel principal

Ana Maria Braga demite responsável por exibir imagem de macacos em caso de racismo