Alta

Aeroportos de João Pessoa e Campina Grande operam com aumento de 150% dos voos durante feriado da Semana Santa

Aeroportos de João Pessoa e Campina Grande devem ampliar suas operações em virtude do feriado de Semana Santa.

Aeroportos de João Pessoa e Campina Grande operam com aumento de 150% dos voos durante feriado da Semana Santa

Os aeroportos de João Pessoa e Campina Grande devem ampliar suas operações em virtude do feriado de Semana Santa. O Aeroporto Castro Pinto de João Pessoa deve movimentar 134 voos, entre pousos e decolagens, durante os dias 28 a 31 de março. O número de operações é 31% maior em relação ao mesmo período do ano passado. Ao todo, serão ofertados 22.062 assentos, quantidade que também representa um aumento de 31% comparado a oferta de 2023.

Conforme verificou o ClickPB, a Aena Brasil empresa responsável pela administração do terminal aéreo da capital informou que as cidades com maior número de voos para a capital paraibana são de São Paulo (Congonhas e Guarulhos), Belo Horizonte (Confins), Brasília, Rio de Janeiro e Recife.

Campina Grande tem aumento de 150% de voos

Já o Aeroporto de Campina Grande tem a previsão de receber 40 operações no período de 28 a 31 de março. A movimentação de voos representa um aumento de 150% em relação ao mesmo período do ano passado, com uma oferta de 3.880 assentos, 154% a mais do que ofertado em 2023. São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte (Confins) e Recife são os principais destinos ofertados.

COMPARTILHE

Bombando em Turismo

1

Turismo

Orla de Cabedelo vai ganhar 29 quiosques, ciclovia e outras melhorias; inauguração está prevista para este ano

2

Turismo

Condomínio coloca Serra da Raiz no mapa do Turismo Brasileiro; veja vídeos

3

Turismo

Turismo da Paraíba cresce 5,4% e estado é primeiro do Nordeste no ranking do faturamento, aponta Fecomercio-SP

4

Turismo

João Pessoa deve ter até 90% da rede hoteleira ocupada durante feriado da Semana Santa

5

Turismo

Azul amplia operação para São João e Campina Grande terá novos voos vindos do Rio, Belo Horizonte, Aracaju e Petrolina