Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Vídeos

Editoria sobre Vídeos ir para editoria →

Assista

Em vídeo, Ciro Gomes dispara: 'Se Moro mandar me prender, recebo na bala'

O que fazem o político do PDT e um dos maiores poetas do país num mesmo post? Bem, leitor, você vai entender. Quem sabe um exercício de estilo

O ex-ministro faz críticas constantes à atuação de Moro (Foto: Divulgação)

Por

O ex-ministro da Integração Nacional no governo Lula, Ciro Gomes (PDT) - que também é pré-candidato a presidente para as eleições de 2018 - gravou um vídeo, na última terça-feira, no qual desafia o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, a prendê-lo. Gomes afirma que, se isso vier a acontecer, ele receberá a "turma" de Moro "na bala". As declarações foram gravadas em vídeo no dia em que a Polícia Federal cumpriu, em São Paulo, mandados de busca e apreensão e de condução coercitiva contra o blogueiro Eduardo Guimarães, que edita o site Blog da Cidadania.

"Hoje esse Moro resolveu prender um blogueiro. Ele que mande me prender, eu recebo a turma dele na bala", diz o pedetista no vídeo. O ex-ministro faz críticas constantes à atuação de Moro. Gomes chegou a sugerir no ano passado que, caso o ex-presidente Lula seja preso no âmbito da Operação Lava-Jato, ele poderia "sequestrar" o petista e levá-lo a uma embaixada com pedido de asilo para que ele possa se defender “de forma plena e isenta”.

“Pensei: se a gente formar um grupo de juristas, a gente pode pegar o Lula e entregar numa embaixada. À luz de uma prisão arbitrária, um ato de solidariedade particular pode ir até esse limite. Proteger uma pessoa de uma ilegalidade é um direito”, disse Ciro a O Globo. 

O “Blog da Cidadania” tem Guimarães como único colaborador e traz notícias próprias, notícias de outros sites e análises do autor sobre política, com viés de esquerda, publicadas desde 2010. O portal se identifica como integrante do “Movimento dos Sem-Mídia”. Guimarães foi candidato a vereador pelo PCdoB, em São Paulo, em 2016, mas não se elegeu. Na nota divulgada no dia das buscas, a assessoria da Justiça Federal escreveu considerar o blog “veículo de propaganda política”. Mencionou que em seu cadastro no TSE, Guimarães se identificou como comerciante.


Acompanhe mais notícias do ClickPB nas redes sociais:
 FacebookTwitterYoutube e Instagram
Entre em contato com a redação do ClickPB: 
Telefone: (83) 99624-4847
WhatsApp: (83) 99624-4847
E-mail: redacao@clickpb.com.br

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Hospital da Unimed recebe selo de qualidade e segurança no atendimento aos pacientes

Vídeo de deputada Cristiane Brasil em lancha viraliza na internet

Assista ao vivo a votação da cassação do prefeito afastado de Bayeux Berg Lima

Elba Ramalho faz vídeo para denunciar 'abandono' em voo da Air France