Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Vídeos

Editoria sobre Vídeos ir para editoria →

Revisão de contratos

Odon alerta consumidores sobre venda de imóveis com cobrança de corretor

"Tenha cuidado com aqueles advogados que ficam ligando para a casa do consumidor prometendo rios de dinheiro em ações revisionais", avisa Odon

Por

Escritórios de advocacia estão se especializando em ações, supostamente, para reaver na Justiça dinheiro pago indevidamente pelos consumidores ao fechar algum negócio ou contrato. Especialista em direito do consumidor, o advogado Odon Bezerra, ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba (OAB-PB), alerta para esse tipo de conduta de alguns escritórios de advogados ou consultorias. 

"Tenha cuidado com aqueles advogados que ficam ligando para a casa do consumidor prometendo rios de dinheiro em ações revisionais, e que você pode amargar um prejuízo futuro, analise o contrato antes de assinar", avisa Odon. 

Ao Portal CickPB, Odon revelou que existem casos em que, na venda de imóveis, está havendo, no contrato, a cobrança indevida do pagamento do corretor de imóveis.   

"Estamos vendo em alguns contratos de compra e venda de apartamentos que estão repassando para o consumidor a obrigatoriedade de pagar aquele que intermediou a transação. Ora, não foi o consumidor que contratou aquela pessoa", disse Odon Bezerra. 

Tributos, taxas de financiamentos, compra de automóveis, até pagamentos de contas do dia a dia estão na lista dessas consultorias.  

Odon explica que o consumidor tem que prestar atenção no contrato que está assinando para não cair em nenhuma armadilha nem ter que recorrer à Justiça, posteriormente. Para se prevenir, caso haja dúvida, o consumidor deve consultar os órgãos de defesa do consumidor ou um advogado de confiança. 

Ele alerta, ainda, sobre as cláusulas contratuais que tornem o contrato excessivamente oneroso para o consumidor. Nesse caso, numa medida extrema, o consumidor pode pedir ao Judiciário a revisão contratual. 

Acompanhe mais notícias do ClickPB nas redes sociais:
 FacebookTwitterYoutube e Instagram
Entre em contato com a redação do ClickPB: 
Telefone: (83) 99624-4847
WhatsApp: (83) 99624-4847
E-mail: redacao@clickpb.com.br

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Hospital da Unimed recebe selo de qualidade e segurança no atendimento aos pacientes

Vídeo de deputada Cristiane Brasil em lancha viraliza na internet

Assista ao vivo a votação da cassação do prefeito afastado de Bayeux Berg Lima

Elba Ramalho faz vídeo para denunciar 'abandono' em voo da Air France