Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Vídeos

Editoria sobre Vídeos ir para editoria →

Política

Ricardo diz que Brasil corre o risco de se tornar uma Santa Rita

Nesta terça-feira (14) deve acontecer no Espaço Cultural José Lins do Rêgo o ato “A Paraíba Pela Democracia: Golpe Nunca Mais”

Governador Ricardo Coutinho (Foto: Walla Santos)

Por

O governador Ricardo Coutinho declarou na manhã desta segunda-feira (14) que o Brasil corre o risco de se tornar uma Santa Rita, referindo-se à constante troca de prefeitos desta cidade paraibana desde as eleições de 2012, ou uma Sapé, que também já passou por processo semelhante. A declaração foi dada durante a Reunião de Avaliação da Estratégia (RAE) do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), quando o governador proferiu uma palestra.

Ricardo Coutinho acredita que “não pode promover o impeachment no presidencialismo em função da impopularidade de quem quer que seja”. O governador cita o que acontece “em Santa Rita, ou já aconteceu em Sapé. O Brasil não pode se transformar em algo parecido com isso”.

Nesta terça-feira (14) deve acontecer no Espaço Cultural José Lins do Rêgo o ato “A Paraíba Pela Democracia: Golpe Nunca Mais” convocado pelo governador. De acordo com Ricardo, este não é um encontro para defender a presidente Dilma Rousseff, mas sim a defesa da legalidade democrática. O evento deve contar com as presenças do cantor Chico César, a presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos e o prefeito de Olinda, Renildo Calheiros, além de entidades, personalidades, intelectuais e políticos paraibanos.

“Eu tenho críticas à atual gestão e ao atual governo. Acho a política econômica completamente fora de foco, antinacional, uma série de coisas. Acho que o governo está coberto de erros estratégicos, acho que o loteamento que é feito na gestão pública é muito ruim para a governança. Mas isso eu não confundo com a quebra das regras do jogo democrático”, ressaltou o governador.

Sobre os protestos que aconteceram neste domingo (13) pedindo o impeachment da presidente, o governador destacou a diminuição no número de participantes. De acordo com ele, “é preciso que a institucionalidade democrática, independentemente de quem governa, seja respeitada. E esse bom senso começa a tomar corpo cada vez maior na sociedade”. Ricardo Coutinho ainda demonstrou otimismo quanto ao enfraquecimento do movimento pelo impeachment. “Ontem foi um dia significativo por conta disso, ficaram só os setores extremados”, observou.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Hospital da Unimed recebe selo de qualidade e segurança no atendimento aos pacientes

Vídeo de deputada Cristiane Brasil em lancha viraliza na internet

Assista ao vivo a votação da cassação do prefeito afastado de Bayeux Berg Lima

Elba Ramalho faz vídeo para denunciar 'abandono' em voo da Air France