Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Notícias Policiais

Editoria sobre Policial ir para editoria →

Investigação

Perícia encontra sangue e areia em carro de professor encontrado morto em canavial

O corpo de José Alves Dionísio​, de 62 anos, foi encontrado na última sexta-feira (5), em um canavial com várias perfurações de faca.

O delegado responsável pela investigação, Aldroville Grise, informou que de acordo com as investigações o crime foi executado no canavial e não no veículo. (Foto: Reprodução)

Por

Uma perícia realizada nesta terça-feira (9), no carro do professor encontrado morto em um canavial, em Santa Rita, foi encontrado sangue em várias partes do carro, além de areia compatível com a do canavial. O corpo de José Alves Dionísio, de 62 anos, foi encontrado na última sexta-feira (5), em um canavial com várias perfurações de faca. 

A perícia identificou marcas de sangue no volante, nos bancos do carro, nas portas e na marcha. No entanto, somente a perícia dos vestígios vai poder dizer se o sangue é da vítima ou do executor.

O delegado responsável pela investigação, Aldroville Grise, informou que de acordo com as investigações o crime foi executado no canavial e não no veículo.

Ainda de acordo com o delegado, a linha de investigação ainda não está completamente fechada, mas há indícios de que o crime tenha sido cometido por alguém próximo à vítima.

 O professor teve contato com parentes e amigos às 23h, e essas pessoas já foram ouvidas e novos depoimentos devem ser prestados nos próximos dias.

A Polícia Civil informou que as imagens de circuito de segurança, que mostram o momento em que o professor saiu de casa, devem ser analisadas, juntamente com outros registros que tem sido coletados pela polícia, como o desaparecimento de alguns objetos como relógio e celular.

Equipamentos eletrônicos e de informática foram apreendidos na casa do professor, com autorização da família.



Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Viatura da Polícia Militar bate em muro durante perseguição a suspeito em Patos

Mulher é assassinada a facadas na cidade de Patos; crime é o terceiro feminicídio registrado em 48 horas na Paraíba

Pai e filho são assassinados a tiros no Brejo paraibano

Grupo suspeito de integrar quadrilha com atuação no tráfico, homicídios e roubos é preso no Sertão paraibano