Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Brasil

Editoria sobre Brasil ir para editoria →

Óleo no Nordeste

Bahia jogará com camisa 'manchada de óleo' em protesto a desastre ambiental

O protesto contra o vazamento de óleo que toma conta das praias nordestinas

"Quem derramou esse óleo? Quem será punido por tamanha irresponsabilidade? Será que esse assunto vai ficar esquecido?", indaga a postagem. (Foto: Reprodução)

Por

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Bahia enfrenta o Ceará SC pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro na segunda-feira (21). A partida, que vai acontecer no estádio do Pituaçu, em Salvador, será palco de protesto do ativista time baiano: jogadores vestirão camisa "manchada de óleo".

O protesto contra o vazamento de óleo que toma conta das praias nordestinas vem acompanhado de um manifesto, divulgado neste domingo (20) no site do clube.

"Quem derramou esse óleo? Quem será punido por tamanha irresponsabilidade? Será que esse assunto vai ficar esquecido?", indaga a postagem.

"Um convite à reflexão: o que faz um ser humano atacar e destruir espaços sagrados? O lucro a qualquer custo pode ser capaz de destruir a ética e as leis que regem e viabilizam a humanidade? A barbárie deve ser tratada como tal, não como algo natural", finaliza o texto.

O Bahia tem histórico de manifestações sociais. Neste ano, o clube criou um site para auxiliar mulheres que forem vítimas de assédio em estádios de futebol. A ferramenta traz um "assediômetro", que mostra em tempo real a quantidade média de mulheres assediadas em 2019.

Além disso, por ele, é possível relatar o assédio sofrido em um estádio. Por fim, o site dá dicas de o que fazer em caso de assédio e disponibiliza o número 180, da central de atendimento à mulher em situação de violência.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Criminosos tentam lucrar com cachorro que nasceu com rabo na testa

Marido de Marina Ruy Barbosa lamenta morte de piloto da Stock Car

Marinha disponibiliza navio para reforçar equipes no Delta do Parnaíba

Jornalista Matheus Ribeiro vai processar radialista goiano por postagens homofóbicas