Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Clilson júnior

Radialista, Jornalista e Blogueiro.

ver coluna →

Escândalo da merenda em Campina Grande acende luz vermelha no Planalto e Bolsonaro deve cancelar visita a Paraíba

O staff palaciano e fez uma análise bastante minuciosa sobre o escândalo da merenda estourada hoje na prefeitura de Campina Grande

Bolsonaro e Romero Rodrigues (Foto: Reprodução)

Por

Fato gravíssimo. Uma fonte revelou a este colunista que não há solução de curto prazo e a tendência é de agravamento da relação do presidente com o prefeito da Rainha da Borborema. 

Diante desse diagnóstico, a ordem de Bolsonaro é apertar ainda mais o cerco nas investigações e já pensa em cancelar a inauguração da entrega das casas e apartamentos do Complexo Habitacional Aluízio Campos ou fazer igual ao aeroporto da Bahia, inaugurar sem a presença dos Rodrigues. 

Isso mesmo, o presidente Jair Bolsonaro reuniu o staff palaciano e fez uma análise bastante minuciosa sobre o escândalo da merenda estourada hoje na prefeitura de Campina Grande. O presidente foi informado que a Secretária de Educação presa pela PF na Operação Famintos, da Polícia Federal na Paraíba, Iolanda Barbosa, foi casada com Moacir Rodrigues (deputado estadual do PSL) e irmão do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues.

A hora pede cautela, mas sem prejuízo para a imagem do presidente, garantiu a fonte palaciana.


Bolsonaro já sabe que o esquema criminoso na merenda de Campina Grande atuava de forma avassaladora e ficou assustado ao saber que a empresa DELMIRA FELICIANO GOMES movimentou mais de 18 (dezoito) milhões de reais em vendas de mercadorias entre 2013 e 2016, mas não detinha nenhum empregado registrado nesse mesmo período nem funcionava em nenhum estabelecimento comercial.
Mais assustado ainda ficou o presidente ao saber que de acordo com as informações obtidas pela RFB, observou-se ainda inconsistências nos rendimentos declarados e nos lançamentos a crédito em contas bancárias da secretária da educação do município de Campina Grande, IOLANDA BARBOSA DA SILVA, responsável pela pasta na qual os contratos fraudulentos estão sendo pactuados.


O Alerta Vermelho chegou ao planalto e agora Bolsonaro não vai querer, nem de longe, associar sua imagem a um escândalo perverso de desvio de dinheiro federal para a merenda escolar.


Por essa Romero não esperava e tudo leva crer que o encanto acabou!


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaques da Coluna

ver coluna →

O Flamengo jogou e o STF sem moral

Calvário revela que atriz Mayana Neiva era sócia de Editora e vendeu seu próprio livro ao Governo da Paraíba

Ricardo x João e a possivel reconciliação

O massacre da previdência e o povo que sifu!