Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Clilson júnior

Radialista, Jornalista e Blogueiro.

ver coluna →

VERGONHA: Cássio, Maranhão e Lira aprovaram aumento do STF que deve custar R$ 6 bilhões por ano

O efeito cascata que isso deve acarretar, já que ele o teto do funcionalismo público e deve chegar a R$ 6 bilhões por ano.

Por

Ministros do Supremo, desembargadores, juízes, conselheiros dos tribunais de contas, deputados federais, estaduais e senadores estão felizes com o aumento de salário provocado na calada da noite pelo senado. A tal pauta bomba só explode nas mãos do povo brasileiro. 

Mais vergonhoso ainda é saber que o autor do requerimento que permitiu tal proeza, para não dizer escárnio, foi do senador paraibano José Maranhão (MDB). Por cascata Maranhão aumentou seu próprio salário de senador e de sua esposa que é desembargadora na Paraíba. 


Todo esse povo terão 16,38% a mais no salário a partir de 1º de janeiro

Aprovado por 41 votos a 16, mais dois paraibanos seguiram na contramão do povo brasileiro, Cássio Cunha Lima e Raimundo Lira, disseram sim ao reajuste permitido através do PLC 27/2016,

O efeito cascata que isso deve acarretar, já que ele o teto do funcionalismo público e deve chegar a R$ 6 bilhões por ano.

A proposta segue para a sanção da Presidência da República e afetará diretamente a gestão de Jair Bolsonaro.

Aos três senadores da Paraíba, só nos resta lamentar!

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaques da Coluna

ver coluna →

O Flamengo jogou e o STF sem moral

Calvário revela que atriz Mayana Neiva era sócia de Editora e vendeu seu próprio livro ao Governo da Paraíba

Ricardo x João e a possivel reconciliação

O massacre da previdência e o povo que sifu!