Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Cultura

Editoria sobre Cultura ir para editoria →

Lista dos principais indicados ao Grammy Latino 2007

Por

Confira a lista dos principais indicados ao Grammy Latino 2007, que acontecerá amanhã (8) em Las Vegas. 

- PRINCIPAIS CATEGORIAS INTERNACIONAIS.

Melhor canção do ano: "Labios compartidos" (Maná).

"Bella traición" (Belinda).

"La llave de mi corazón" (Juan Luis Guerra).

"Tengo", (Franco de Vita).

"Todo cambió" (Camila).

Gravação do ano: "Bello embustero" (Beyoncé e Shakira).

"Tu recuerdo" (Ricky Martin, com La Mari de Chambao e Tommy Torres).

"Nena" (Miguel Bosé, com Paulina Rubio).

"La excepción" (Gustavo Cerati).

"La llave de mi corazón" (Juan Luis Guerra).

Álbum do ano: "MTV unplugged" (Ricky Martin) .

"El tren de los momentos" (Alejandro Sanz).

"Papito" (Miguel Bosé, com vários artistas).

"Residente o Visitante" (Calle 13).

"La llave de mi corazón" (Juan Luis Guerra).

Artista revelação: RICKY VALLEN.

Alejandra Alberti.

Jesse & Joy.

Dafnis Prieto.

Tulsa.

Melhor álbum vocal pop feminino: "Yo canto" (Laura Pausini).

"Anatomía" (Ana Belén).

"Utopía" (Belinda).

"Recordando" (Shaila Dúrcal).

"Allá en el sur" (Ilona).

Melhor álbum vocal pop masculino: "MTV unplugged" (Ricky Martin).

"Papito" (Miguel Bosé, com vários artistas).

"Para amarte mejor" (Andrés Cepeda).

"Mil y una historias en vivo" (Franco de Vita).

"Lección de vuelo" (Aleks Syntek).

Melhor álbum vocal pop de dupla ou grupo: "Adelantando" (Jarabe de Palo).

"Esta es mi vida" (Jesse & Joy).

"El mundo se equivoca" (La Quinta Estación).

"El disco de tu corazón" (Miranda).

"Sólo paz" (Porpartes).

Melhor álbum de música urbana: "Antidiotico" (Orishas).

"El cartel - The big boss" (Daddy Yankee).

"Residente o visitante" (Calle 13).

"Sentimiento" (Ivy Queen).

"Malamarismo" (Mala Rodríguez).

Melhor canção urbana: "Hay un son" (Orishas).

"Impacto remix" (Daddy Yankee e Fergie).

"Mi tumbao" (Tres Coronas e Michael Stuart).

"No sé de ella Mi Space" (Don Omar, com Wisin e Yandel).

"P al norte" (Calle 13 e Orishas).

Melhor álbum de rock vocal: "El mundo cabe en una canción" (Fito Páez).

"Pisando lo fregao" (Belo y Los Susodichos).

"Las siete y media" (Iván Ferreiro).

"El endémico embustero y el incauto pertinaz" (Rosendo Mercado).

"Dúos, tríos y otras perversiones" (Ariel Rot).

Melhor álbum de rock vocal de dupla ou grupo: "Karmagedon" (Attaque 77).

"Bengala" (Bengala).

"Trueno tierra" (La Renga).

"Amantes suntamentes" (Panda).

"Kamikaze" (Rabanes).

Melhor canção rock: "La excepción" (Gustavo Cerati).

"Monitor" (Volován).

"Narcisista por excelencia" (Panda).

"Oscuro diamante" (La Renga).

"Yendo a la casa de Damián" (El Cuarteto de Nos).

Melhor álbum de cantor-campositor: "CÊ" (CAETANO VELOSO) .

"12 segundos de oscuridad" (Jorge Drexler).

"Pedazos de mí" (Amaury Gutiérrez).

"Navegando por ti" (José Luis Perales).

"Érase que se era" (Silvio Rodríguez).

Melhor álbum de salsa: "35 aniversario-En vivo" (Willy Chirino).

"En primera plana" (Issac Delgado).

"Arroz con habichuela" (El Gran Combo de Puerto Rico).

"El Godfather de la salsa" (Andy Montañez).

"Canciones clásicas de Marco Antonio Solís" (Tito Nieves).

Melhor álbum de merengue: "Regresó el jefe" (Elvis Crespo).

"La llave de mi corazón" (Juan Luis Guerra 440).

"Real time" (Limi-T 21).

"Con sabor a mí" (Kinito Méndez).

"A tu gusto" (Toño Rosario).

Melhor álbum flamenco: "Azul" (Calima).

"Sinfonía flamenca" (Juan Carmona).

"Techarí" (Ojos de Brujo).

"Tierra de calma" (Miguel Poveda).

"Cal" (Son de la Frontera).

Melhor álbum instrumental: "BRASILIANOS" (HAMILTON DE HOLANDA QUINTETO) .

"Standards rican-ditioned" (Ray Barretto).

"In the zone" (Ed Calle).

"The enchantment" (Chick Corea & Béla Fleck).

"Live in Buenos Aires" (Carlos Franzetti Trio).

Melhor álbum infantil latino: "FORRÓ PRAS CRIANÇAS" (ZÉ RENATO & CONVIDADOS).

"Vida de bebê" (Acalanto).

"Mas grande que tú" (Miguelito).

"El sueño del elefante" (Strings For Kids).

"Cómo se llega a Belén" (Voz Veis).

Melhor álbum de música clássica: "SINFONIA Nº6 DE BEETHOVEN" (OSESP, JOHN NESCHLING - condução e produção).

"Carlos Chávez complete chamber music volume 4" (Southwest Chamber Music, Jeff von der Schmidt - produção).

- "Gitano" (Rolando Villazon, Daniel Zalay - produção).

- "La canción romántica española" (Montserrat Caballé, Carlos Caballé - produção).

- "Mozart volume 3" (Clara Sverner, George Randolph - produção).

Melhor projeto gráfico de álbum (prêmio aos diretores de arte): - "Ao vivo - Barbican Theatre, Londres 2006", Mutantes (Luciano Cury).

- "Biograffiti", Rita Lee (Gringo Cardia).

- "Edición Especial", Motel (Andrea Bardasano).

- "Los Vallenatos de Andrés", vários artistas (Catalina Díez).

- "Serenata Inkaterra", Jean Pierre Magnet (Allan Castañeda & Sandra Masias).

Melhor engenharia de gravação de álbum: "ACÚSTICO MTV" (LENINE).

"A Tu Lado" (Juan Fernando Velasco).

"Especiaria" (Flávio Chamis).

"La Llave De Mi Corazón" (Juan Luis Guerra).

"Reina" (Kinky).

Melhor vídeo musical versão longa: "A SÉRIE" (CHICO BUARQUE).

"MULTISHOW AO VIVO NO MARACANÃ" (IVETE SANGALO).

"Made in Argentina 2005" (Andrés Calamaro).

"Mil y una historias en vivo" (Franco de Vita).

"MTV unplugged" (Ricky Martin).

- CATEGORIAS BRASILEIRAS: Melhor álbum de música cristã em língua portuguesa: "Caminho de milagres" (Aline Barros).

"Deus está aqui" (Padre Juarez de Castro).

"Até tocar o céu" (Eyshila).

"Um novo tempo" (Cristina Mel).

"Uma nova história" (Robinson Monteiro).

"Elektracustika" (Oficina G3).

Melhor álbum pop contemporâneo brasileiro: "Baladas do asfalto & outros blues ao vivo" (Zeca Baleiro).

"A gente ainda não sonhou" (Carlinhos Brown).

"Acústico MTV" (Lenine).

"Pedro Mariano" (Pedro Mariano).

"Prisma" (Paulo Ricardo).

"Multishow ao vivo no Maracanã" (Ivete Sangalo).

"Carrossel" (Skank).

Melhor álbum de rock brasileiro: "Eu nunca disse adeus" (Capital Inicial).

"MTV ao Vivo - CPM 22" (CPM 22).

"Acústico MTV" (Lobão).

"Ao Vivo - Barbican Theatre, Londres 2006" (Mutantes).

"NX Zero" (NX Zero).

Melhor álbum de samba/pagode: "E Aí?" (Jorge Aragão).

"40 Anos de Carreira - Ao Vivo No Teatro Municipal Vol. 2", (Beth Carvalho).

"Do Brasil e do mundo" (Martinho da Vila).

"Martnália em Berlim - Ao vivo" (Martnália).

"Acústico MTV 2 - Gafieira" (Zeca Pagodinho).

Melhor álbum de música popular brasileira: "Ao Vivo" (Leny Andrade e Cesar Camargo Mariano).

"Ao Vivo" (Gal Costa).

"Casa de Villa" (Guinga).

"Parceria dos viajantes" (Zé Ramalho).

"Noites de Gala, Samba na Rua" (Mônica Salmaso).

Melhor álbum de música romântica: "Ao Vivo - Em Goiânia" (Bruno & Marrone).

"40 anos de sucesso do bom rapaz - Ao vivo" (Wanderley Cardoso).

"Diferente" (Zezé Di Camargo & Luciano).

"Minhas canções" (Fábio Jr.).

"Eternamente Cauby Peixoto - 55 anos de carreira" (Cauby Peixoto).

Melhor álbum de música regional ou de raízes brasileiras: "Conterrâneos" (Dominguinhos).

"Brasileira - Ao vivo" (Margareth Menezes).

"Balé Mulato- Ao vivo" (Daniela Mercury).

"Tributo a Goiás" (Sérgio Reis).

"Trilhas" (Naná Vasconcelos).

Melhor canção brasileira (prêmio aos compositores): "Berimbau metalizado" (Ivete Sangalo), de Miro Almeida, Dória e Duller.

"Carta à amiga poeta" (Simone Guimarães), de Simone Guimarães & Francis Hime.

"Não me arrependo" (Caetano Veloso), de Caetano Veloso.

"Para lá" (Arnaldo Antunes), de Arnaldo Antunes e Adriana Calcanhoto.

"Rosas" (Ana Carolina), de Antônio Villeroy.


Fonte: EFE

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

William Alves leva a música de grandes nomes do samba à Praça Rio Branco neste sábado

Alexandre Carvalho e Banda se apresentam neste sábado na Feirinha de Tambaú

Orquestra Filarmônica Jovem da UFPB apresenta show sinfônico na Estação Cabo Branco

Solange Almeida é a grande atração da comemoração aos 62 anos de emancipação política de Cabedelo