Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Educação

Editoria sobre Educação ir para editoria →

Projeto

Ricardo entrega 110 laboratórios de Agroecologia, instalações elétricas e energia solar em 60 escolas

O projeto foi lançado nesta segunda-feira (7) com investimento de quase R$ 800 mil

O projeto foi lançado nesta segunda-feira (7) com investimento de quase R$ 800 mil (Foto: Reprodução/assessoria)

O Governo da Paraíba vai implantar em 60 escolas da rede pública, 110 laboratórios de Ciências Aplicadas em Agroecologia, Instalações Elétricas e Energia Solar, a intenção, de acordo com o governador Ricardo Coutinho, o programa tem como objetivo a formação de mão de obra qualificada com a implantação do ensino técnico nas escolas de Ensino Médio. O projeto foi lançado nesta segunda-feira  (7) com investimento de quase R$ 800 mil.

“O estado com mão de obra qualificada é um estado que vai atrair a atenção enorme para empresas se instalarem aqui dentro”, analisou o governador. Ele ainda ressaltou que o que o Governo está fazendo “é dar continuidade ao processo de trazer para a educação pública a utilização no setor produtivo. Porque se não for dessa forma, a educação perde muito do seu conteúdo, da sua existência”.

O secretário de Educação do Estado, Aléssio Trindade, ressalta que com a instalação dos laboratórios, “os alunos do terceiro ano do Ensino Médio das escolas técnicas vão sair com a formação para fazer a manutenção, instalação e ampliação de instalações elétricas e energia solar”.

Aléssio ainda antecipou que “nós vamos nos articular com a secretária de Infraestrutura para que a gente coloque o kit no local onde há demanda”.

Durante o ato solene de lançamento do programa, o governador garantiu que dará continuidade ao processo de trazer para a educação pública a utilização no setor produtivo, porque se não for dessa forma a educação perde muito do seu sentido.

Ainda segundo o governador, 50 laboratórios de Instalações Elétricas, 50 de Energia Solar e 10 em Agroecologia serão distribuídos de acordo com as demandas de cada região. "A energia solar, por exemplo, é usada na agricultura, nas residências, pequenas indústrias, já a agroecologia tem uma demanda voltada para a produção agrícola e também há uma forte demanda para instalações elétricas. Isso fortalece o vínculo com as empresas porque estamos formando uma mão de obra qualificada para o mercado", pontuou.  

O secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, João Azevedo, foi um dos palestrantes do evento e falou sobre o desenvolvimento da Paraíba. "A Paraíba é uma porta aberta para o desenvolvimento. Nos últimos anos, tivemos muitas melhorias na infraestrutura, na segurança hídrica, educação, enfim, evoluímos em várias áreas gerando mais desenvolvimento para o Estado. Este seminário é essencial para discutir o aperfeiçoamento do ensino profissionalizante integrado ao setor produtivo da região. Mostramos na palestra neste evento que o Estado vem sendo preparado para criar os caminhos para o desenvolvimento regional", ressaltou.


Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Inep publica notas do Enade 2014

IFPB divulga resultado e edital de matrícula do PSCT 2016

UEPB tem menor conceito do MEC entre as universidades públicas da PB

Governo paga prêmios da Educação nesta segunda-feira