Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Mundo

Editoria sobre Mundo ir para editoria →

Nos EUA

Tiroteio em escola deixa uma mulher morta e cinco feridos na Califórnia

A polícia descreveu o suspeito como "um homem asiático de roupa preta visto pela última vez no local". Ele teria 15 anos e foi localizado após buscas nos arredores do colégio

Por

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um tiroteio em uma escola da cidade de Santa Clarita, no sul da Califórnia (EUA), deixou pelo menos uma mulher morta e outros cinco feridos, segundo informações do Departamento de Polícia de Los Angeles. O suspeito, segundo fontes da policia, foi ferido e está no hospital em custódia.

O departamento de polícia de Santa Clarita pediu, através das redes sociais, que as pessoas evitem a área da Saugus High School, local do tiroteio. A cidade fica a 40 quilômetros de Los Angeles.

Quatro vítimas foram levadas para o hospital Henry Mayo Newhall, sendo três homens (dois em estado grave) e uma mulher. A idade dos feridos não foi revelada. Pouco depois, o hospital confirmou a morte da mulher. 

Outras duas vítimas não tiveram seus paradeiros divulgados.

A polícia descreveu o suspeito como "um homem asiático de roupa preta visto pela última vez no local". Ele teria 15 anos e foi localizado após buscas nos arredores do colégio.

Alex Villanueva, xerife do condado onde o tiroteio ocorreu, disse a jornalistas que o suspeito era aluno da escola.

Por segurança, outros colégios da área foram fechados e os estudantes evacuados.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Torcida é expulsa após recusa para manter o distanciamento na final da Copa da Dinamarca

Cobras voadoras intrigam cientistas; assista ao vídeo

Russos aprovam mudança que pode deixar Putin no poder até 2036

Junto há 53 anos, casal morre de Covid-19 de mãos dadas nos EUA