Gratuito

João Pessoa sedia campanha nacional de diagnóstico do Ceratocone e mutirão de exames acontece dia 9

Consultas e exames para diagnóstico do Ceratocone serão realizadas no próximo sábado dia (9), no parque da Lagoa Solon de Lucena.

João Pessoa sedia campanha nacional de diagnóstico do Ceratocone e mutirão de exames acontece dia 9

A campanha será realizada no dia 09 de novembro, no parque da Lagoa Solon de Lucena, com início às 8h e término às 16h. — Foto:reprodução

Neste mês de novembro, a Sociedade Brasileira de Oftalmologia (SBO) convida a comunidade a participar da  campanha nacional para diagnóstico do CERATOCONE, que será realizada no próximo final de semana, em vários estados do Brasil. Em João Pessoa, esta campanha será realizada no dia 09 de novembro, no parque da Lagoa Solon de Lucena, com início às 8h e término às 16h. 

Crianças, jovens e adultos com suspeita ou com diagnóstico de CERATOCONE serão beneficiados com exames específicos para detectar e confirmar a existência desta doença ocular que, muitas vezes, passa despercebida nos exames de rotina e pode atrapalhar o desenvolvimento escolar e social dos indivíduos afetados. Após a avaliação, os pacientes diagnosticados serão direcionados para tratamento. Toda a ação será aberta ao público de forma gratuita. 

Através de uma parceria entre o Hospital Visão e a Secretaria Municipal de Saúde de João Pessoa, um consultório móvel oftalmológico com equipamentos para análise e diagnóstico dos pacientes estará disponível para  a campanha e permanecerá no local durante todo o sábado. Caso seja detectada a doença, o participante terá a opção de ser direcionado para a rede especializada do SUS que integra os serviços oftalmológicos de saúde referentes à cidade de João Pessoa.

Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), até maio desse ano, a fila de espera para córnea na Paraíba tinha 321 pacientes. O transplante é um dos principais tratamentos da doença quando já detectado em estado avançado. 

O Ceratocone é uma doença progressiva da córnea que evolui com o aumento da curvatura equivalente a um cone, com afinamento e protrusão deste tecido. Isso se traduz em embaçamento ou distorção visual causado pelo astigmatismo irregular e dificulta o uso de óculos e/ou lentes de contato. Frequentemente, no curso da doença, os óculos se tornam fracos, ocorre com mais facilidade a perda da lente de contato (rígida) associados ao quadro de alergia ocular. 

Normalmente, a doença inicia na adolescência e pode evoluir por toda a vida. Na maioria dos casos, pode estabilizar por volta de 35 anos de idade. 

Cientificamente está comprovado que o ato de coçar os olhos em quem tem predisposição é um dos principais agravantes. Infelizmente, não há formas de prevenção completa do Ceratocone, devido à combinação de fatores ambientais e genéticos

O exame oftalmológico associado a exames complementares diagnosticam e norteiam o tratamento a ser estabelecido. 
Estes exames possibilitam o diagnóstico realizado pelo oftalmologista em sua fase inicial, quando submetidos a uma campanha de rastreamento. 

O tratamento da alergia, e principalmente evitar coçar os olhos pode evitar a progressão. Reabilitar a visão com qualidade e estabilizar a progressão da doença são importantes alicerces no acompanhamento da doença. 

Inicialmente, o tratamento é realizado com uso de óculos e lentes de contato especiais. Em fases avançadas, o paciente é submetido a outros tratamentos mais específicos, tais como Crosslinking, anéis intracorneanos e até transplante de córnea. Esses tratamentos podem ser indicados de forma isolada ou combinados, de acordo com o caso.

Entenda mais sobre a doença e os tratamentos na entrevista feita com a Drª Amanda Gadelha, especialista em córnea (Clique aqui).

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Operação Lei Seca autua 183 condutores por embriaguez no mês de fevereiro na Paraíba

2

Paraíba

Após prisão de ‘Toin da Braiscompany’ na Argentina, Lucas Veloso faz imitação do empresário ‘no presídio’: “vamos duplicar o capital”

3

Paraíba

Casal Ais tinha vida de luxo em casa de R$ 1,4 mil por dia na Argentina, revela advogado que localizou paraibanos; veja fotos

4

Paraíba

Felipe Pontes afirma que há políticos, empresários e religiosos envolvidos em escândalo da Braiscompany: “se tiver delação, a Paraíba pega fogo”

5

Paraíba

Advogado fala em maior esperança de clientes reaverem investimentos na Braiscompany após prisão de Antônio e Fabrícia Ais