Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Eleições

Maranhão defende mais de um nome para o Governo: “quanto mais cabra, mais cabrito”

Maranhão disse que a oposição está em situação privilegiada porque tem três potenciais candidatos e afirmou que o eleitorado paraibano é bastante esclarecido e maduro e tem a competência de escolher

“Quanto mais cabra, mais cabrito. É melhor que o povo da Paraíba tenha mais de uma opção, em todos os campos”, disse Maranhão (Foto: Walla Santos)

Por

O senador José Maranhão (MDB) defendeu, nesta segunda-feira (05), a possibilidade das oposições saírem com mais de uma candidatura ao Governo do Estado nas eleições de outubro. “O certo é que o povo da Paraíba é quem vai fazer a escolha, e por que não dar maior chance ao povo da Paraíba”, argumentou o emedebista, durante visita do ministro dos Transportes Maurício Quintella à Paraíba.

Contrariando o prefeito Luciano Cartaxo (PSD), que defende a escolha de um único nome das oposições, Maranhão disse que a oposição está em situação privilegiada porque tem três potenciais candidatos e afirmou que o eleitorado paraibano é bastante esclarecido e maduro e tem a competência de escolher.

“Quanto mais cabra, mais cabrito. É melhor que o povo da Paraíba tenha mais de uma opção, em todos os campos”, disse Maranhão, durante entrevista nesta manhã. A tese é admitida por alguns integrantes do PSDB, que tem o prefeito de Romero Rodrigues como pré-candidato ao Governo. 

Leia mais: Cartaxo diz que oposição é desunida e não tem prazo para deixar prefeitura

Luciano Cartaxo voltou a reclamar, nesta segunda-feira (5), da indefinição da oposição e afirmou que houve prejuízo para o grupo. Ele defendia uma definição do candidato ainda em janeiro deste ano, mas não conseguiu convencer os aliados.

Já o senador José Maranhão minimizou as divergências internas no MDB, lembrando que a Executiva Estadual do partido tomou uma decisão em março de 2017 para lançamento de candidatura própria ao Governo do Estado em 2018. 

Leia mais: Ministro dos Transportes diz que demora na retirada de postes pela Energisa atrasou obras da BR-230

“Evidente que estamos fazendo um esforço para que a chapa proporcional seja uma chapa forte e com largas possibilidades de ganhar”, frisou o senador.

A entrevista repercutiu na Rádio Correio.

Acompanhe mais notícias do ClickPB nas redes sociais:
 FacebookTwitterYoutube e Instagram
Entre em contato com a redação do ClickPB:
Telefone: (83) 99624-4847
WhatsApp: (83) 99624-4847
E-mail: redacao@clickpb.com.br

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Morre radialista Beneval Andrade Rosas aos 70 anos

Banhistas devem evitar seis praias do litoral paraibano neste final de semana

MPF obtém liminar para encerrar lixão em comunidades quilombolas no Sertão paraibano

Abaixo-assinado pelo fim da prática de vaquejada em Cuité consegue mais de 30 mil assinaturas