Em João Pessoa

Prédio do antigo Hotel Tropicana será demolido para construção da nova sede da Defensoria Pública da Paraíba

Conselho Deliberativo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep) esteve reunido na manhã desta quarta-feira; relator emitiu parecer favorável.

Prédio do antigo Hotel Tropicana será demolido para construção da nova sede da Defensoria Pública da Paraíba

Antigo Hotel Tropicana vai dar lugar à nova sede da Defensoria Pública do Estado da Paraíba. — Foto:Divulgação/DPE-PB

O antigo Hotel Tropicana, em João Pessoa, vai dar lugar à nova sede da Defensoria Pública do Estado da Paraíba (DPE-PB). O Conselho Deliberativo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep) aprovou, nesta quarta-feira (6), os projetos de demolição do hotel e construção da futura sede da Defensoria Pública no local. O relator da matéria, o secretário de Estado da Cultura, Pedro Santos, emitiu um parecer favorável aos projetos, elaborados pela equipe de engenharia e arquitetura da DPE-PB.

A defensora pública-geral da Paraíba, Madalena Abrantes, cita que a aprovação dos projetos é motivo de celebração para a instituição, que poderá concentrar, em um só prédio, todo o atendimento da Defensoria na cidade de João Pessoa. “A Defensoria sofre com um problema crônico de instalação. O único prédio da instituição mal comporta os setores administrativos e o atendimento ao público é feito de forma precarizada, em prédios alugados”, pontuou Madalena.

O prédio do antigo Hotel Tropicana foi cedido à DPE-PB em 2018 pela Superintendência do Patrimônio da União (SPU), mas a estrutura da edificação não serve às necessidades da Defensoria, além de ter sido condenada por um corpo técnico.

O subdefensor público institucional, Ricardo Barros, participou remotamente da reunião do Iphaep. Em defesa do projeto, ressaltou os aspectos técnicos e de adaptação que foram considerados, em conformidade com a legislação do Instituto, para proporcionar maior acessibilidade e conforto aos assistidos pela Defensoria Pública.

“Essa iniciativa não apenas unificará as diversas unidades da Defensoria, concentrando-as em um único local, como também contribuirá para a revitalização da área central da cidade, em consonância com os planos do Governo do Estado e da Prefeitura de João Pessoa”, afirmou Ricardo Barros, acompanhado da coordenadora de Projetos da DPE, Elizabete Barbosa, do engenheiro Glauco Medeiros e da arquiteta Elizabeth de Sá Queiroga.

O esvaziamento do Centro da cidade também preocupa outros poderes, como o Legislativo e o Judiciário. A instalação da Defensoria nas Trincheiras tem amplo apoio da Câmara Municipal, Assembleia Legislativa e do Tribunal de Justiça da Paraíba.

Parceria

A DPE-PB também já conta com a parceria da Prefeitura Municipal de João Pessoa, que se comprometeu com a demolição da estrutura durante visita do prefeito Cícero Lucena à DPE-PB. A próxima etapa envolve a oficialização e o planejamento detalhado do projeto, onde a Defensoria Pública, em parceria com a Governo do Estado, buscará efetivar as ações necessárias para viabilizar a construção da nova sede, que terá uma contribuição fundamental para a cidade e para o acesso à justiça.

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Justiça da Argentina liberta Fabrícia Farias mas a proíbe de sair do país até julgamento de extradição; confira documento

2

Paraíba

Tribunal de Justiça da Paraíba mantém condenação ao Bradesco para indenizar consumidor que teve nome negativado

3

Paraíba

URGENTE: Fabrícia Farias, dona da Braiscompany, é solta por decisão da Justiça da Argentina, diz defesa

4

Paraíba

Borboletas amarelas invadem João Pessoa e especialista comenta fenômeno: “época de reprodução”

5

Paraíba

Operação Lei Seca autua 183 condutores por embriaguez no mês de fevereiro na Paraíba