Alugado

Promotora defende ordenamento da orla de João Pessoa e diz que constatou administrador de quiosque residente nos Estados Unidos

Para a promotora, o espaço da calçada e faixa de areia é de uso público e exige regras de funcionamento, considerando que estava sendo compartilhado de forma desordenada.

Promotora defende ordenamento da orla de João Pessoa e diz que constatou administrador de quiosque residente nos Estados Unidos

Promotora disse também que o uso da faixa de areia para instalação de cadeiras e mesas alugadas não está proibido. — Foto:Walla Santos/ClickPB/Arquivo

A promotora Cláudia Cabral, do Ministério Público da Paraíba (MPPB), defendeu o ordenamento da orla de João Pessoa firmado em Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) entre a Prefeitura Municipal e o MPPB. Para a promotora, o espaço da calçada e faixa de areia é de uso público e exige regras de funcionamento, considerando que estava sendo compartilhado de forma desordenada. As declaração foram dadas em entrevista ao programa 60 Minutos, da Arapuan FM, nesta segunda-feira (17).

A promotora lembrou que, ao avaliar o funcionamento dos quiosques, foi descoberto que um administrador de um deles mora nos Estados Unidos e havia alugado o espaço, o que é considerado irregular, já que é um espaço usado através de concessão pública e não pode ser alugado a terceiros.

Além disso, a promotora disse que o uso da faixa de areia para instalação de cadeiras e mesas alugadas não está proibido. “Devem ser colocadas cadeiras e mesas de acordo com a demanda. O que se está evitando é o loteamento da área”, explicou ela ao Arapuan Verdade, conforme apurou o ClickPB, ao destacar que os comerciantes não podem distribuir os equipamentos demarcando territórios na areia, mas sim, colocá-los no espaço de acordo com a chegada de clientes.

O Ministério Público da Paraíba, o Ministério Público Federal e o Município de João Pessoa assinaram, no último dia 14 de julho, um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para disciplinar passeios e atividades comerciais, esportivas e artístico-culturais na faixa da orla marítima do Cabo Branco e de Tambaú. Entre as medidas, os quiosques devem fechar à meia-noite.

Saiba mais

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Vídeo: Tempestade deixa rastros de destruição e alagamentos em Patos

2

Paraíba

Inmet emite dois alertas de chuvas para cidades da Paraíba com previsão de até 100 mm e ventos de 60 km/h; confira aqui

3

Paraíba

Aposta de João Pessoa ganha quase R$ 240 mil na loteria +Milionária

4

Paraíba

Gastos com São João de Santa Rita já ultrapassam R$ 4,4 milhões e ainda faltam valores de 57 atrações

5

Paraíba

Interdição deve deixar trânsito lento em trecho da BR-230, durante sete dias, em João Pessoa