Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Paraíba

Editoria sobre Paraíba ir para editoria →

Indeferido

TJPB mantém afastamento de Saulo Gustavo da presidência da Câmara Municipal de Santa Rita

A decisão foi do desembargador José Aurélio da Cruz que indeferiu, nesta quinta-feira (18) um pedido de liminar impetrado pelo vereador para que pudesse retornar ao cargo.

Saulo já tentou retornar ao cargo por três vezes com ações na Primeira Instância da Justiça e em outras quatro com recursos interpostos no TJPB, porém sem sucesso. (Foto: Reprodução)

Por

O Tribunal de Justiça da Paraíba manteve o afastamento de Saulo Gustavo da presidência da Câmara Municipal de Santa Rita. A decisão foi do desembargador José Aurélio da Cruz que indeferiu, nesta quinta-feira (18) um pedido de liminar impetrado pelo vereador para que pudesse retornar ao cargo.

A defesa do vereador requereu a reintegração dele ao cargo de presidente através de um mandado de segurança, contra a decisão do magistrado Miguel de Britto Lyra, que substituiu o desembargador João Alves da Silva e indeferiu o pedido de efeito suspensivo feito pela defesa anteriormente.

José Aurélio da Cruz afirmou na decisão que "inobstante as alegações do impetrante quanto à publicação de uma emenda à LOM em outubro de 1998 com o mesmo conteúdo, o que de fato se extrai do site oficial do Município de Santa Rita é que a sua Lei Orgânica, à época da eleição para a mesa diretora, possuía redação que vedava a recondução do mesmo vereador ao cargo de Presidente da Mesa Diretora. Assim, entendo que o requisito “fumus boni iuris” não restou devidamente evidenciado no caso em análise, razão pela qual indefiro o pedido liminar".

Saulo já tentou retornar ao cargo por três vezes com ações na Primeira Instância da Justiça e em outras quatro com recursos interpostos no TJPB, porém sem sucesso.


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Morre radialista Beneval Andrade Rosas aos 70 anos

Banhistas devem evitar seis praias do litoral paraibano neste final de semana

MPF obtém liminar para encerrar lixão em comunidades quilombolas no Sertão paraibano

Abaixo-assinado pelo fim da prática de vaquejada em Cuité consegue mais de 30 mil assinaturas