Análise

“Absolutamente correta”, avalia Nominando Diniz sobre recomendação para que Rio Tinto cancele show de Xand Avião

De acordo com Nominando Diniz, se os prefeitos fizerem o dever de casa não será o TCE-PB que pedirá pela não realização das festas.

Xand Avião, TCE, Rio Tinto, Absolutamente

Xand Avião (Foto: reprodução)

“Absolutamente correta”. Essa é a avaliação feita pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB), Nominando Diniz, sobre a recomendação feita pelo Ministério Público da Paraíba (MPPB) para que a Prefeitura de Rio Tinto cancele um show de Xand Avião. A apresentação vai custar R$ 400 mil.

Como acompanhado pelo ClickPB, nesta terça-feira (2), em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, Nominando Diniz analisou que antes de promover shows as prefeitura devem garantir o correto funcionamento dos serviços públicos.

Na recomendação, o MPPB listou uma série de irregularidades identificadas em Rio Tinto, como problemas no matadouro público e a ausência de implementação do Plano Municipal de Atendimento Socioeducativo, destinado à criança e ao adolescente.

“Absolutamente corretaDe. O Tribunal disse, através de resolução, que [as prefeituras] têm que controlar os gastos e que paguem os credores. Que elas façam o custeio da saúde, invistam nas escolas. Se você (prefeito) fizer o dever de casa não é o TCE quem vai dizer se faz ou não festa”, argumentou Nominando Diniz, como visto pelo ClickPB.

Leia também:

COMPARTILHE

Bombando em Política

1

Política

Hugo Motta careca? Deputado surpreende e surge de “cabelo raspadinho”; saiba o motivo

2

Política

STF inicia discussão sobre pensão para filha trans de militar

3

Política

Ao lado de Bolsonaro, Walber Virgolino oficializa pré-candidatura à Prefeitura de Cabedelo: “devidamente lançada”

4

Política

Bolsonaro percorre ruas de Cabedelo em carro aberto e visita mercado municipal

5

Política

VÍDEO: Bolsonaro recebe títulos de cidadão paraibano e cidadão pessoense em sessão na Assembleia Legislativa