Briga

Cida Ramos envia carta à direção nacional do PT, critica Cartaxo e não autoriza nome em pesquisa do partido

Cida Ramos, pré-candidata a prefeita de João Pessoa, enviou carta à direção nacional do PT desautorizando a colocação de seu nome na pesquisa do partido para avaliação de qual será o seu candidato ou candidata à Prefeitura nas Eleições 2024.

PT adia novamente decisão sobre candidatura própria, ou não, do partido em João Pessoa

A deputada estadual Cida Ramos, pré-candidata a prefeita de João Pessoa, enviou carta à direção nacional do PT desautorizando a colocação de seu nome na pesquisa do partido para avaliação de qual será o seu candidato ou candidata à Prefeitura nas Eleições 2024. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta segunda-feira (10), Cida Ramos declarou, no entanto, que mantém seu nome na disputa pela vaga de candidata pela legenda.

Cida disse que Luciano Cartaxo não quis se submeter a nenhuma consulta interna no PT em João Pessoa. Ela apontou que Cartaxo indicou o instituto escolhido pela direção nacional para a pesquisa de avaliação de pré-candidato do partido para as eleições em João Pessoa e que, assim, a situação chegou ao limite.

“Eu não posso mais aceitar diversas imposições. Aceitei muitas. Faço política desde os meus 14 anos. A minha história se confunde com a história da luta por democracia em nosso país. Se confunde com a própria construção do PT, que nasceu das bases, dos que queriam um partido diferenciado, onde a democracia pudesse se constituir de baixo para cima e de cima para baixo. Eu fiz todos os meus esforços”, desabafou Cida ao Arapuan Verdade, conforme apurou o ClickPB.

Ainda segundo Cida, “eu não sou candidata de mim mesma, eu sou uma candidata que fui a deputada mais votada do Partido dos Trabalhadores. Eu não posso aceitar que após não ter prévias, após retirada do nome [de Cartaxo], após várias imposições, o outro candidato retirou o seu nome e depois volta e impõe várias condições. Por último, não quis se submeter a nenhuma discussão interna, a nenhuma prévia. Não quis que o filiado, que o militante participasse de nada.”

Instituto indicado por Cartaxo?

Cida Ramos acusou que o instituto escolhido para a pesquisa interna foi indicado por Luciano Cartaxo. “Decide-se por uma pesquisa, essa pesquisa era para ter iniciado logo após a reunião. Ficou a cargo do diretório municipal, do estadual e da concordância dos dois candidatos. Isso foi sendo prorrogado, aí se chega hoje com a deliberação de que será um instituto porque o outro candidato não aceitou os outros institutos apresentados. E hoje se chega com o instituto indicado pelo mesmo [Cartaxo]. Eu atingi o limite, o limite da tolerância, o limite de buscar uma unidade, de fortalecer o partido”, relatou a deputada e pré-candidata a prefeita de João Pessoa.

Logo após a participação de Cida Ramos no programa Arapuan Verdade, Luciano Cartaxo entrou em contato com a rádio e negou ter interferido na escolha do instituto.

Saiba mais

Cida Ramos questiona atraso na pesquisa para decidir quem disputará Prefeitura de João Pessoa pelo PT: “já devia estar sendo feita”

 

 

 

COMPARTILHE

Bombando em Política

1

Política

Academia Paraibana de Letras Jurídicas da Paraíba tem duas chapas para a eleição

2

Política

Mersinho Lucena revela sonho de ser prefeito de João Pessoa ou Cabedelo

3

Política

Governo e Congresso concordam em pedir ao STF mais prazo para solucionar desoneração da folha

4

Política

Celso Batista afasta possibilidade de desistência de pré-candidatura, em meio a apoio de ala do PSOL a Cartaxo

5

Política

Tárcio Teixeira nega crise no PSOL, mas diz que candidatura própria corre risco