Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Nas redes

Atentado a Bolsonaro repercute no meio político

Os outros presidenciáveis se manifestaram nas redes sociais, repudiando a violência sofrida por Bolsonaro.

Bolsonaro foi esfaqueado em Juiz de Fora, MG (Foto: Reprodução)

Por

O candidato do PSL à presidência, Jair Bolsonaro, levou uma facada na região do tórax durante um ato de campanha em Juiz de Fora (MG) na tarde desta quinta-feira (6), segundo informações da PM. Um suspeito foi preso. O atentado teve repercussão no meio político-eleitoral. Os outros presidenciáveis se manifestaram nas redes sociais, repudiando a violência sofrida por Bolsonaro, e o presidente Michel Temer repudiou a intolerância. "É intolerável", disse Temer.

Veja a repercussão:     


Michel Temer, presidente da República     

"Isto revela algo que nós devemos nos conscientizar, porque é intolerável exatamente a intolerância que tem havido na sociedade brasileira. É intolerável que as pessoas falseiem dados durante campanha eleitoral. É intolerável que, nós vivemos num estado democrático de direito que não haja possibilidade de uma campanha tranquila."

Claudio Lamachia, presidente da OAB     

"A Ordem dos Advogados do Brasil manifesta repúdio ao ato de violência praticado contra o candidato Jair Bolsonaro. A democracia não comporta esse tipo de situação. A realização das eleições em ambiente saudável depende da serenidade das instituições e militantes políticos. O processo eleitoral não pode ser usado para enfraquecer a democracia. Neste momento, cabe a reflexão a respeito do momento marcado por extremismos, por discursos de ódio e apologia à violência. Tudo isso apenas estimula mais violência, numa situação que prejudica a todos. A OAB acompanha atenta o desdobramento desse fato. É preciso que todas as forças políticas possam participar do pleito e que os eleitores tenham assegurado o direito à livre escolha."


Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Câmara aprova pedido de cassação de prefeito após denúncia de pendências financeiras e falta de licitações

Vereador reclama de atraso no início de sessão e cobra pagamento de ‘hora extra’

PT faz congresso com Lula solto e vai discutir 2020 e oposição a Bolsonaro

Ricardo Coutinho comanda primeira reunião pública do PSB pós-crise, nesta sexta-feira