Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Crise

Hervázio diz que Carlos Siqueira se precipitou e aponta Cida e Estela como causadoras da discórdia no PSB

Hervázio disse que as divergências deveriam ter sido discutidas e votadas no Diretório e que ficou estarrecido com o desfecho desse episódio.

Hervázio Bezerra, deputado estadual. (Foto: Walla Santos)

Por

O deputado Hervázio Bezerra (PSB) disse, nesta segunda-feira (19), que o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, precipitou-se ao dissolver o Diretório Estadual, e que ele assumiu uma "postura reprovável", porque deveria agir como "juiz de paz", mas acirrou ainda mais os ânimos. Hervázio apontou as deputadas Estela Bezerra e Cida Ramos como culpadas pela dissolução do Diretório do partido na Paraíba. 

"As entrevistas concedidas pela deputada Cida, pela deputada Estela, de forma pública, eu acho que elas foram o pontapé inicial dessa discórdia. Se elas foram orientadas pelo governador Ricardo Coutinho, eu não posso fazer essa acusação séria e grave, até. Porque isso culminou com todo esse processo. Mas é público e notório, as redes sociais registraram, a postura e a proposta da deputada Cida e da deputada Estela", analisou Hervázio. 

O deputado explicou que Carlos Siqueira havia admitido, na semana passada, realizar uma reunião entre João Azevêdo, Ricardo Coutinho e Edvaldo Rosas, para tratar da situação do Diretório, mas na sexta-feira decidiu pela intervenção. "Quem age assim, não age com a razão, não age com equilíbrio e com o respeito devido às partes", disse Hervázio. Para o parlamentar, o presidente do PSB nacional somente respeitou uma das partes, a do ex-governador Ricardo Coutinho.  

Hervázio disse que as divergências deveriam ter sido discutidas e votadas no Diretório e que ficou estarrecido com o desfecho desse episódio. 

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Desembargador suspende processo de cassação do mandato do vereador José Eudes

CCJ considera que revogação do título de cidadão pessoense a Bolsonaro é inconstitucional

CCJ aprova projeto de Eliza Virgínia que proíbe mulheres trans em times femininos

Roberto Paulino revela que fechou com João Azevêdo e só faltam alguns detalhes para o anúncio