Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Após saída

PSB vai pedir na justiça mandato de João Azevêdo e devolução de mais de R$ 3 milhões

Saída do governador João Azevêdo do partido foi vista como traição. Presidente do PSB nacional diz que conflito foi criado pelo próprio João.

João Azevêdo deverá enfrentar batalha judicial com PSB (Foto: Walla Santos/Click PB)

Por

O PSB pretende pedir na justiça o mandato do governador da Paraíba, João Azevêdo, assim como o ressarcimento de pelo menos R$ 3 milhões em despesas de campanha. Foi o que declarou o presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, em entrevista ao ParlamentoPB.

"Ele devia ter a dignidade de devolver o dinheiro que se gastou na campanha dele", disse Siqueira. O presidente do PSB afirmou que o conflito dentro do partido foi criado pelo próprio governador, que se recusou a conversar com ele e com o ex-governador Ricardo Coutinho, mesmo após diversos convites.

"Hoje imagino que ele já estava decidido a sair do partido no momento em que criou o conflito", comentou Carlos Siqueira. Ele negou que tenha havido intervenção do diretório nacional na dissolução do diretório estadual do partido e afirmou que João Azevêdo havia vetado o nome de Ricardo Coutinho para presidência da executiva estadual.

"Já vi traição na política, mas demora pelo menos  um ano", disse ele, acrescentando que acredita que João Azevêdo tenha planejado sua 'traição' desde o momento em que assumiu o governo. 

Carlos Siqueira chamou o governador de ingrato por ter virado as costas para Ricardo Coutinho, que o ajudou a se eleger, já que João "nunca teve um voto na vida".

O Click PB tentou entrar em contato com Carlos Siqueira para saber quando será dada entrada no processo, mas as ligações não foram atendidas.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Ana Cláudia Vital e Sargento Wellington registram candidaturas de prefeita e vice em Campina Grande junto ao TSE

Daniella Ribeiro e Veneziano pedem licença do Senado; suplentes Diego Tavares e Ney Suassuna assumem cargos até janeiro

Convenções eleitorais têm aglomeração, clima de Micareta e até prefeito de cidade paraibana detido

Candidata a vereadora em João Pessoa registra candidatura com o nome de Bolsoreth, em referência a Jair Bolsonaro