Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Religião

Editoria sobre Religião ir para editoria →

Igreja Católica

Papa deixará hospital o mais rapidamente possível, diz Vaticano

Segundo Vaticano, o Pontífice se reuniu ontem com diversos pacientes.

No domingo, Francisco fez sua primeira aparição pública desde a cirurgia, ficando de pé por cerca de 10 minutos enquanto discursava da varanda de sua suíte no hospital. (Foto: Reprodução)

Por

O papa Francisco continua seu tratamento e sua reabilitação após uma cirurgia intestinal há dez dias e deixará o hospital o mais rapidamente possível, informou o Vaticano nesta terça-feira (12).

O boletim médico diário do Vaticano sobre a saúde do papa de 84 anos, que teve parte de seu cólon removido no dia 4 de julho, também afirma que ele se reuniu com muitos pacientes durante sua internação no Hospital Gemelli, mas sentiu-se particularmente próximo "daqueles que estão acamados e não podem voltar para casa."

O boletim não dá mais detalhes sobre a condição do papa. O Vaticano disse na segunda-feira que ele ficaria mais alguns dias hospitalizado, além dos sete dias de internação inicialmente previstos, para "otimizar suas terapias médicas e de reabilitação". 

No domingo, Francisco fez sua primeira aparição pública desde a cirurgia, ficando de pé por cerca de 10 minutos enquanto discursava da varanda de sua suíte no hospital.

Ele não tem compromissos marcados para o restante do mês, exceto suas bênçãos dominicais, embora o Vaticano esteja fazendo planos para uma visita papal à Eslováquia e à capital da Hungria, Budapeste, em meados de setembro.

Bispos escoceses anunciaram ontem que o papa participará da Conferência das Nações Unidas sobre o Clima (COP26) em Glasgow, em novembro, caso sua saúde permita.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Fé e ostentação: pastora paraibana acusada de ser 'estelionatária da fé' ganhou fama através de polêmicas; relembre

Fiação exposta, extintor vencido, alimentos sem procedência e aglomeração motivaram interdição de igreja da pastora Renallida, em Cabedelo

Com igreja fechada, pastora reúne fiéis na praia e faz pregação e promessas de cura

Pastora Renallida vai processar pastor Anderson por calúnia e difamação após ser chamada de 'estelionatária espiritual'