Emprego

Concurso Unificado: confira os cargos e a distribuição de vagas

Concurso Unificado: confira os cargos e a distribuição de vagas. O edital do Concurso Nacional Unificado deve ser divulgado nesta quarta-feira (10).

Concurso Unificado: confira os cargos e a distribuição de vagas

Concurso Unificado: confira os cargos e a distribuição de vagas.

 

O edital do Concurso Nacional Unificado deve ser divulgado nesta quarta-feira (10) e, para te deixar por dentro do certame mais aguardado do ano, o Correio preparou uma lista com as carreiras que serão contempladas e a distribuição de vagas. Confira:

Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI):

  • Especialistas em políticas públicas e gestão governamental (EPPGG): 150 vagas;
  • Analista de infraestrutura (AIE): 30 vagas;
  • Analista técnico de políticas sociais (ATPS): 360 vagas;
  • Analista em tecnologia da informação (ATI): 300 vagas;
  • Analista técnico-administrativo: 190 vagas;
  • Economista: 27 vagas;
  • Psicólogo: 2 vagas;
  • Estatístico: 12 vagas;
  • Técnico em comunicação social: 10 vagas;
  • Técnico em assuntos educacionais: 2 vagas;
  • Arquivista: 16 vagas;
  • Arquiteto: 14 vagas;
  • Engenheiro: 68 vagas;
  • Bibliotecário: 4 vagas;
  • Contador: 5 vagas;
  • Médico: 20 vagas.

Confira também

Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC):

  • Analista de comércio exterior (ACE): 50 vagas;
  • Analista técnico-administrativo: 50 vagas;
  • Economista: 10 vagas.

Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq):

  • Especialista em regulação de serviços de transportes aquaviários: 30 vagas.

Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL):

  • Especialista em regulação de serviços públicos de energia: 40 vagas.

Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) e Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet):

  • Auditor-fiscal federal agropecuário: 200 vagas;
  • Analista em ciência e tecnologia: 40 vagas;
  • Tecnologista: 40 vagas;
  • Agente de atividades agropecuárias: 100 vagas;
  • Agente de inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal: 100 vagas;
  • Técnico de laboratório: 40 vagas.

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra):

  • Analista administrativo: 137 vagas;
  • Analista em reforma e desenvolvimento agrário: 446 vagas;
  • Engenheiro agrônomo: 159 vagas.

Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI):

  • Analista em ciência e tecnologia: 296 vagas.

Ministério dos Direitos Humanos (MDH):

  • Analista técnico de políticas sociais (ATPS): 40 vagas.

Ministério da Educação (MEC):

  • Analista técnico de políticas sociais (ATPS): 70 vagas.

Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai):

  • Indigenista especializado: 152 vagas;
  • Administrador: 26 vagas;
  • Antropólogo: 19 vagas;
  • Arquiteto: 1 vaga;
  • Arquivista: 1 vaga;
  • Assistente social: 21 vagas;
  • Bibliotecário: 6 vagas;
  • Contador: 12 vagas;
  • Economista: 24 vagas;
  • Engenheiro: 20 vagas;
  • Engenheiro agrônomo: 31 vagas;
  • Engenheiro florestal: 2 vagas;
  • Estatístico: 1 vaga;
  • Geógrafo: 4 vagas;
  • Psicólogo: 6 vagas;
  • Sociólogo: 12 vagas;
  • Técnico em assuntos educacionais: 2 vagas;
  • Agente em indigenismo: 152 vagas;
  • Técnico em comunicação social: 10 vagas.

Ministério da Saúde (MS):

  • Tecnologista: 220 vagas.

Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP):

  • Analista técnico administrativo: 100 vagas;
  • Analista técnico de políticas sociais (ATPS): 30 vagas.

Ministério do Trabalho e Emprego (MTE):

  • Auditor-fiscal do trabalho (AFT): 900 vagas.

Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc):

  • Analista administrativo: 15 vagas;
  • Especialista em previdência complementar: 25 vagas.

Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS):

  • Especialista em regulação de saúde suplementar: 35 vagas.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE):

  • Analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas: 275 vagas;
  • Tecnologista em informações geográficas e estatísticas: 312 vagas;
  • Pesquisador em informações geográficas e estatísticas: 8 vagas;
  • Técnico em informações geográficas e estatísticas: 300 vagas.

Advocacia Geral da União (AGU):

  • Administrador: 154 vagas;
  • Arquiteto: 5 vagas;
  • Arquivista: 2 vagas;
  • Analista técnico-administrativo: 90 vagas;
  • Contador: 47 vagas;
  • Economista: 35 vagas;
  • Engenheiro: 18 vagas;
  • Estatístico: 7 vagas;
  • Médico: 3 vagas;
  • Psicólogo: 10 vagas;
  • Técnico em assuntos educacionais: 20 vagas;
  • Técnico em comunicação social: 9 vagas.

Ministério dos Povos Indígenas (MPI):

  • Analista técnico-administrativo: 30 vagas.

Ministério do Planejamento e Orçamento (MPO):

  • Analista técnico-administrativo: 45 vagas;
  • Economista: 15 vagas.

Ministério da Cultura (MinC):

  • Analista técnico-administrativo: 50 vagas.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep):

  • Pesquisador-tecnologista em informações e avaliações educacionais: 50 vagas.

 

Outros detalhes estarão disponíveis no edital do Concurso Unificado do Governo Federal.

Por Correio Braziliense

Foto de capa: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Foto interna: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

COMPARTILHE

Bombando em Concurso

1

Concurso

Inscrições para concurso de prefeitura da Paraíba com salários de até R$ 9 mil terminam neste domingo

2

Concurso

Paraíba tem quase 700 vagas em concursos e seleções abertas com salários de até R$ 11 mil

3

Concurso

Secretário detalha novo concurso da PB Saúde, com 1,8 mil vagas imediatas; veja como será

4

Concurso

Enem dos concursos: a menos de um mês para a prova, especialista dá dicas para aprovação

5

Concurso

Inscrições para professor substituto da UFPB com 20 vagas e salário acima de R$ 6 mil encerram amanhã