Eleições 2022

Em ofício, diretor da PRF disse que manteria operações mesmo após decisão do TSE

Vasques determinou “o fiel cumprimento da aludida decisão”, mas que a operação Eleições 2022 da PRF se mantém pelo “compromisso com o fortalecimento da segurança Pública Nacional”.

Em ofício, diretor da PRF disse que manteria operações mesmo após decisão do TSE

O diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Silvinei Vasques — Foto:Reprodução

Em um despacho assinado às 2h43 deste domingo (30), o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Silvinei Vasques, disse que manteria todas as atuações da corporação durante o segundo turno das eleições que não entrassem em conflito com a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que impediu operações que comprometessem o transporte de eleitores.

Em resposta à decisão, Vasques determinou “o fiel cumprimento da aludida decisão”, mas que a operação Eleições 2022 da PRF – que segue até 19 de novembro – se mantém pelo “compromisso com o fortalecimento da segurança Pública Nacional”.

Como as seguidas blitz organizadas pela PRF se concentram em estados do Nordeste – onde a votação é historicamente superior ao PT – o partido disse que já pediu a prisão imediata do diretor.

Ontem, antes da decisão do TSE, Vasques pediu voto em Jair Bolsonaro – prática vedada a agentes públicos. Em seguida, ele apagou a publicação.

COMPARTILHE

Bombando em Eleições

1

Eleições

Major Sidnei alega insegurança partidária e perseguição de Gervásio Maia após deixar o PSB

2

Eleições

Exclusivo: Gleisi convoca reunião urgente com Cartaxo, Cida, Jackson, Tulio e Couto para definir eleição em JP

3

Eleições

Murilo Galdino nega ida de Romero Rodrigues ao Republicanos: “não é mais real e deve permanecer no Podemos”

4

Eleições

Lideranças do PL e do Novo se reúnem em João Pessoa para discutir alianças para eleições

5

Eleições

Advogado explica regras para Inteligência Artificial nas Eleições: “intenção da Justiça Eleitoral é evitar abusos e desequilíbrio desproporcional”