Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Eleições

Editoria sobre Eleições ir para editoria →

Eleições 2022

Marina Silva anuncia que vai se candidatar a deputada federal em São Paulo

Ex-ministra do Meio Ambiente era cotada para ser vice na chapa do petista Fernando Haddad ao governo de São Paulo.

Marina Silva foi candidata da Rede à Presidência da república em 2018 e ficou em oitavo lugar, com 1% dos votos. (Foto: Reprodução)

Por

A ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva (Rede) anunciou nesta quarta-feira que vai se candidatar a deputada federal por São Paulo nas eleições deste ano. Marina foi, por três vezes, candidata à Presidência da República (2010, 2014 e 2018), tendo obtido a terceira colocação nas duas primeiras tentativas.

A expectativa da Rede é de que Marina Silva seja uma puxadora de votos da sigla, que hoje só tem uma deputada federal, Joênia Wapichana (RR), e um senador, Randolfe Rodrigues (AP).

Marina chegou a ser cotada para o cargo de vice do petista Fernando Haddad após se reaproximar do Partido dos Trabalhadores. A ex-senadora declarou apoio ao pré-candidato petista ao governo de São Paulo no início deste mês.

A intenção de que Marina fosse vice de Haddad esbarrou na necessidade de a Rede precisar de uma puxadora de votos e também encontrou oposição do PSOL, que também apoia Haddad e reivindica espaço na chapa do petista.

"Considero que assim (como candidata a deputada) posso colaborar com o objetivo estratégico de mobilizar o Brasil para o grande desafio da reconstrução e construção de políticas públicas capazes de enfrentar o crescimento intolerável das desigualdades, recuperar a economia em bases sustentáveis e preparar o estado e o país para a urgente transição necessária para nos adaptarmos às mudanças climáticas", afirmou a ex-senadora em nota publicada em suas redes sociais.

"A sociedade paulista, pela sua complexidade, diversidade e pujança reúne recursos, capacidades e condições de responder a tantas crises que nos assolam, contribuindo assim (...) para a instituição de novo ciclo de desenvolvimento no estado e do país, deixando para trás as tragédias que hoje minam nossas esperanças", prossegue o documento.

Marina fala ainda em "contribuir para que São Paulo tenha uma representação no Congresso que seja compatível com sua potência em recursos sociais, científicos, humanos, tecnológicos e financeiros".

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Próxima ao PT, nova direção do Pros revoga candidatura de Pablo Marçal à Presidência

PDT oficializa Cabo Daciolo como candidato ao Senado pelo PDT

Veja o tempo que cada presidenciável terá de propaganda em rádio e TV

Termina nesta segunda-feira prazo para mesário convocado pedir dispensa das eleições