Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Eleições

Editoria sobre Eleições ir para editoria →

Eleições

MPE reforça entendimento contrário à realização de carreatas, passeatas e comícios na PB

O entendimento da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) se baseia em nota técnica complementar emitida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

A intenção da autoridade estadual de saúde e da PRE é evitar aglomerações durante a campanha, objetivando barrar a disseminação do novo coronavírus (covid-19). (Foto: Walla Santos)

Por

O Ministério Público Eleitoral reforça entendimento contrário à realização de carreatas, passeatas e comícios no estado da Paraíba durante a campanha eleitoral, que tem início no próximo domingo (27). O entendimento da Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) se baseia em nota técnica complementar emitida pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

LEIA MAIS: Comícios, carreatas, motorreatas e eventos de grande porte estão proibidos em Campina Grande; situação será reavaliada a cada 15 dias

Segundo o documento, publicado nesta sexta-feira (25), a orientação pela não realização de atividades presenciais vale independente da classificação de bandeiras que orientam a retomada das atividades em todos os municípios paraibanos (Plano Novo Normal – bandeiras verde, amarela, laranja e vermelha). A intenção da autoridade estadual de saúde e da PRE é evitar aglomerações durante a campanha, objetivando barrar a disseminação do novo coronavírus (covid-19).

“O documento da SES reforça o entendimento anterior, no sentido de 'não promover eventos com grande número de pessoas (comícios, carreatas, passeatas e confraternizações)', espancando qualquer dúvida objetiva de que a recomendação da autoridade sanitária estadual é aplicada a todos os municípios paraibanos, independente da bandeira de classificação. Provavelmente, o reforço técnico decorreu de alguns abusos que foram identificados no período das convenções presenciais”, frisou o procurador regional Eleitoral na Paraíba, Rodolfo Alves Silva.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o Portal ClickPB não publicará os comentários dos leitores. O espaço para a interação com o público voltará a ser aberto logo que as eleições de 2020 se encerrarem.

Destaque

ir para editoria →

Ex-presidente Lula pede votos para Ricardo Coutinho nas eleições 2020

Polícia Federal vai utilizar drones para coibir 'boca de urna', compra de votos e faz planejamento para fiscalizar locais críticos na Paraíba

Doutor Francisco propõe criação do Hospital Geral de Bayeux e Inaldo diz que é prioridade cuidar da educação

Nadja Palitot denuncia que gestão municipal de Bayeux tem várias pessoas envolvidas em corrupção: 'chega desse cinismo criminal'