Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Emprego

Editoria sobre Emprego ir para editoria →

Dados do IBGE

Paraíba tem 240 mil desempregados e taxa de desocupação de 14,3% no primeiro trimestre de 2022

A taxa de desocupação na Paraíba foi de 14,3% no 1º trimestre deste ano, com cerca de 240 mil pessoas desocupadas. Essa taxa foi a 6ª maior do país e a 4ª maior do Nordeste.

Essa estimativa da taxa de desocupação para o primeiro trimestre do ano, de 14,3%, não apresenta variação estatisticamente significativa em relação ao mesmo trimestre de 2021 (16,2%) e, também, em relação ao 4º trimestre de 2021 (13,0%). (Foto: Pixabay/Imagem ilustrativa)

Por

A taxa de desocupação do país no 1° trimestre de 2022 foi de 11,1%, ficando estável em relação ao 4º trimestre de 2021 (11,1%) e caindo 3,8 pontos percentuais (p.p.) frente ao mesmo trimestre de 2021 (14,9%), de acordo da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD C) Trimestral, divulgada na sexta-feira (13), pelo IBGE, a qual o ClickPB teve acesso. Em relação ao trimestre anterior, a taxa de desocupação ficou estável em 26 Unidades da Federação. A única queda foi no Amapá (-3,3 p. p.). As maiores taxas de desocupação foram as da Bahia (17,6%), de Pernambuco (17,0%) e Rio de Janeiro (14,9%) e as menores, de Santa Catarina (4,5%), Mato Grosso (5,3%) e Mato Grosso do Sul (6,5%).

A taxa de desocupação na Paraíba foi de 14,3% no 1º trimestre deste ano, com cerca de 240 mil pessoas desocupadas. Essa taxa foi a 6ª maior do país e a 4ª maior do Nordeste, tendo ficado acima da média nacional (11,1%) e abaixo da média nordestina (14,9%).

Essa estimativa da taxa de desocupação para o primeiro trimestre do ano, de 14,3%, não apresenta variação estatisticamente significativa em relação ao mesmo trimestre de 2021 (16,2%) e, também, em relação ao 4º trimestre de 2021 (13,0%).

O número de pessoas desocupadas, ou seja, que estavam sem trabalhar e tomaram alguma providência para conseguir uma ocupação ou trabalho, teve um acréscimo de 32 mil pessoas entre o último trimestre de 2021 (208 mil) e o 1º trimestre deste ano (240 mil), na Paraíba, representando uma variação de 15,4%. Todavia, não representou variação estatisticamente significativa em relação ao 1º trimestre de 2021, que teve estimativa de 260 mil desocupados (diferença de cerca -21 mil, ou -7,9%).

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Google anuncia 500 mil bolsas de estudo para jovens

Sine João Pessoa oferta 79 vagas de emprego nesta segunda-feira

Campina Grande prevê abertura de 500 novas vagas de emprego até o fim do ano, em parceria com Necxt

Sine oferece mais de 330 vagas de emprego em sete municípios da Paraíba