Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Mundo

Editoria sobre Mundo ir para editoria →

Chinesa mata filha de 4 anos que não sabia contar até 100

A polícia do sul da China prendeu uma mulher depois que ela admitiu ter matado sua filha de 4 anos porque não sabia contar de 1 a 100.

Por

A polícia do sul da China prendeu uma mulher depois que ela admitiu ter matado sua filha de 4 anos porque não sabia contar de 1 a 100.

Investigadores levaram a mulher, identificada apenas por seu sobrenome, Du, a confessar e levaram-na sob custódia no último sábado, quatro dias depois de sua filha ter sido morta e seu corpo encontrado no lixo em uma cidade próxima, disseram o "Pequim News" e o "Southern Metropolis Daily".

Inicialmente, Du disse à polícia que sua filha, Wang Mengyu, que viveu com os avós até o último mês, havia desaparecido enquanto faziam compras em Huizhou, na populosa província de Guangdong. O marido dela havia oferecido uma recompensa de 50 mil iuans (US$ 6.400, ou cerca de R$ 13 mil) por informações que levassem à prisão do assassino.

Du contou à polícia que bateu em sua filha até ela ficar inconsciente porque a criança não sabia contar de 1 a 100. A mãe ainda teria tentado ressuscitar a menina após a surra, disseram os jornais.

A mulher depois sufocou sua filha até a morte porque ficou preocupada com as contas exorbitantes do hospital e porque seu marido ficaria bravo com ela, acrescentaram os jornais.

G1

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Morre Jimmy Cobb, o mítico baterista de 'Kind of blue', de Miles Davis

EUA proíbem entrada de viajantes que passaram pelo Brasil

EUA devem proibir viajantes do Brasil por causa de pandemia

Pesquisadores alemães detectam coronavírus no leite materno