Economia

Tribunal de Contas assume coordenação do Fórum de Combate à Corrupção na Paraíba

A escolha mereceu a aprovação do presidente da Corte, conselheiro Nominando Diniz Filho, que participou da reunião como anfitrião. O TCE assume a coordenação dos trabalhos durante os próximos dois anos.

Tribunal de Contas assume coordenação do Fórum de Combate à Corrupção na Paraíba

Membros do Fórum Paraibano de Combate à Corrupção – Focco-PB, reunidos em sessão ordinária na sede do Tribunal de Contas do Estado – TCE-PB, nesta terça-feira (23), referendaram a escolha da nova coordenadora do Fórum, a auditora Chrystiane Mariz Maia, que será a representante do órgão fiscalizador no biênio 2024/2025.

A escolha mereceu a aprovação do presidente da Corte, conselheiro Nominando Diniz Filho, que participou da reunião como anfitrião. O TCE assume a coordenação dos trabalhos durante os próximos dois anos. O presidente manifestou sua satisfação em contribuir com os órgãos de controle na defesa da transparência pública, que é uma das metas de sua gestão, e enfatizando o zelo pela boa e regular aplicação dos recursos da sociedade.

Nominando Diniz destacou a importância do Focco-PB, que é uma iniciativa conjunta da sociedade civil e instituições públicas que atuam em conjunto para traçar estratégias de prevenção e combate à corrupção, fomentando a transparência pública, a fiscalização institucional e o controle social. Na ocasião, o presidente colocou à disposição do Fórum todas as ferramentas de controle que são utilizadas pelo TCE.

O conselheiro ainda lembrou a trajetória do Fórum de Combate à Corrupção, que hoje tem uma abrangência nacional e foi um trabalho iniciado pelo então chefe da Procuradoria Federal na Paraíba, Fábio George, surgido em 2005, e hoje é reconhecido como uma das principais experiências brasileiras no combate à malversação de recursos públicos.

Chrystiane Mariz Maia agradeceu a confiança do presidente do TCE e enfatizou a responsabilidade de assumir a coordenação de uma entidade tão qualificada e representativa dos anseios da sociedade. Ressaltou a importância do trabalho conjunto dos órgãos com o fim de beneficiar a sociedade. “Todos os componentes do Fórum têm o propósito de melhorar a vida das pessoas”, disse ela, ao reforçar a defesa dos meios de combate à corrupção. “E realizam essas ações fora de suas atividades ordinárias”, completou.

Nos últimos dois anos a coordenação do Fórum de Combate à Corrupção – Focco-PB, estava sob a responsabilidade do representante do TCU – Tribunal de Contas da União, Claudivan da Silva Costa, que na oportunidade, fez um retrospecto do trabalho realizado nos últimos anos e reforçou o compromisso do Focco, órgão pioneiro no combate à corrupção no Brasil.

Estiveram presente à reunião representantes da Receita Federal do Brasil (Alcir Morais de Lucena), Ministério Público da Paraíba (Carlos Davi Lopes Correia Lima), Controladoria Geral do Estado (Letácio Tenório Guedes), Controladoria Geral da União (Walber Silva), Fundação Nacional de Saúde – Funasa (Roseane Batista da Cunha), Procuradoria Geral dos Direitos do Cidadão – MPF (Janaina Andrade de Sousa), Controladoria Geral de João Pessoa (José Haroldo Barbosa Pereira), Junta Comercial – PB (João Ricardo Coelho).

 

 

COMPARTILHE

Bombando em Paraíba

1

Paraíba

Prefeitura de Santa Rita desembolsa mais R$ 55 mil com três shows do São João; gasto total passa dos R$ 5,5 milhões

2

Paraíba

Condomínio no Cabo Branco é notificado por liberar água da área de banho na rede de esgoto

3

Paraíba

Inmet alerta para risco de acumulado de chuva de até 50 milímetros em 35 municípios da Paraíba

4

Paraíba

Luciano Cartaxo recebe alta hospitalar após cinco dias internado, em João Pessoa

5

Paraíba

Polícia Civil prende investigados por latrocínio no município de Matinhas