Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Aline Lins

Editora geral do Portal ClickPB.

ver coluna →

Gasto com serviços de pessoas físicas na CMJP aumenta 85,6% e camufla despesa de pessoal

Entre os destinos do dinheiro, estão cadastramento e controle de acesso de pessoas, controle de mídias gravadas, manutenção de computadores, organização de processos, assistente de produção, cerimonialista e até digitação de planilhas.

Mesa diretora da CMJP (Foto: Reprodução/assessoria)

Por

A Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) conta com 620 servidores comissionados. Mas existe um 'exército' de pessoas contratadas, enquadradas em outra despesa: serviços de terceiros, pessoa física. Os gastos com esse setor aumentaram 85,6%, de 2016 para 2017. E este ano esses gastos, somente até o mês de abril, já somam R$ 350.923,47.   

A maioria dos empenhos em tese para serviços de terceiros pessoa física tem servido como um disfarce para incrementar o pagamento de pessoal. Entre os destinos do dinheiro, estão a pesquisa e elaboração de livro, serviços de cadastramento e controle de acesso de pessoas, controle de mídias gravadas, manutenção de computadores, organização de processos em diretoria, organização de processos no arquivo morto, assistente de produção, cerimonialista e até digitação de planilhas. Vários desses serviços de terceiros poderiam ser desempenhados por servidores da Casa, que conta com 620 comissionados e 108 efetivos.  

Também se pode encontrar nos gastos com pessoas físicas fornecimento de flores, pagamento de aluguel de imóvel e fornecimento de refeições, entre outros. 

Em 2016 a Câmara pessoense empenhou R$ 1.008.892 milhão com serviços prestados por pessoas físicas. No ano passado, essa despesa saltou para R$ 1.876.053 milhão, um incremento superior a R$ 864 mil.    
   
Para esses gastos, a Câmara utiliza a dispensa de licitação, sob a justificativa do baixo valor. 

Dos R$ 1.876.053,65 empenhados em 2017 para Outros serviços de terceiros - pessoa física,  R$ 843.562,99 foram empenhados de janeiro a abril.

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaques da Coluna

ver coluna →

Juíza suspende licitação da Zona Azul de João Pessoa

TCE confirma que Leto Viana recebeu R$ 43 mil este ano referentes a salários de assistente administrativo

Mesmo preso, cargo de assistente administrativo em Cabedelo rende a Leto R$ 43.129,44 em janeiro e fevereiro

Empresa alvo da PF vai receber da Prefeitura de Campina R$ 2,99 milhões ​para fazer o São João 2019