Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Aline Lins

Editora geral do Portal ClickPB.

ver coluna →

Prefeitura de CG é denunciada por não repassar parcelas de empréstimos consignados de servidores

Bando cobra repasses dos meses de abril a dezembro do exercício de 2017, e dos meses de janeiro a maio, relativos ao exercício de 2018. Denúncia está no TCE-PB.

Prefeitura foi notificada para enviar documentação ao TCE comprovando repasses ao banco (Foto: Reprodução)

Por

Em Campina Grande, nem tudo são bandeirolas de São João. Uma situação vexatória anda tirando o sono dos servidores públicos municipais de Campina Grande. A Prefeitura estaria deixando de repassar as parcelas referentes a empréstimos e cartões de crédito consignados de servidores e empregados da administração municipal junto ao Banco Olé Bonsucesso Consignado S.A. A denúncia foi feita pela própria instituição financeira. O medo dos servidores é o nome negativado na praça. 

O Portal ClickPB obteve informação de que não teriam sido repassados ao banco consignatário os valores retidos dos servidores municipais, a título de consignação em folha, relativos aos meses de abril, maio, junho, julho, agosto, setembro, outubro, novembro e dezembro do exercício de 2017, bem como os meses de janeiro, fevereiro, março, abril e maio, relativos ao exercício de 2018. 

Para apurar o caso, o Tribunal de Contas do Estado da Paraíba abriu um processo (10159/18) e intimou a Prefeitura para que o prefeito Romero Rodrigues Veiga envie a documentação que comprove os repasses.    

O Banco Olé bonsucesso Consignado S.A encaminhou no último dia 5 de junho a notificação extrajudicial solicitando o repasse dos valores. 

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaques da Coluna

ver coluna →

Juíza suspende licitação da Zona Azul de João Pessoa

TCE confirma que Leto Viana recebeu R$ 43 mil este ano referentes a salários de assistente administrativo

Mesmo preso, cargo de assistente administrativo em Cabedelo rende a Leto R$ 43.129,44 em janeiro e fevereiro

Empresa alvo da PF vai receber da Prefeitura de Campina R$ 2,99 milhões ​para fazer o São João 2019