Novidade que vem por aí

A Rede Click vai trazer muitas novidades. Você vai poder enviar notícias através do VCnoClick, anunciar gratuitamente seus produtos e serviços no Click Classificados e concorrer a prêmios com o Click Vantagens.

Deixe seu contato e seja um dos primeiros a ser avisado quando a Rede Click entrar no ar!

Por favor insira um e-mail válido
Contato registrado com sucesso!

Política

Política - Últimas Notícias do Mundo Político | ClickPB ir para editoria →

Na pandemia

Ministra Damares Alves diz em entrevista na Paraíba que é necessário continuar pagamento do auxílio emergencial

Em entrevista ao Arapuan Verdade, nesta sexta (19), Damares declarou que está participando das tratativas do Governo Federal para uma nova concessão do auxílio emergencial.

A ministra pontuou que a situação financeira do Brasil precisa de atenção, mas que "vai ser entregue alguma coisa para o povo logo." (Foto: Walla Santos/ClickPB/Arquivo)

Por

A ministra Damares Alves disse que é necessário continuar o pagamento do auxílio emergencial. Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta sexta-feira (19), conforme apurou o ClickPB, ela declarou que está participando das tratativas do Governo Federal para uma nova concessão do benefício dado às pessoas sem renda na pandemia do novo coronavírus.

Damares relatou que ninguém esperava a que pandemia fosse durar tanto tempo e que a expectativa era de que agora a economia estivesse em recuperação. "É necessário ter um auxílio ainda durante esse período porque nós não imaginávamos que a pandemia fosse se estender por tanto tempo. Quando o auxílio foi criado, se imaginava que estaria tudo sob controle e agora estaria sendo restaurada, estaria tendo um impulso. Mas a gente percebeu que nós vamos precisar continuar. E como eu trabalho com o público vulnerável, os idosos, comunidades tradicionais, população em situação de rua, indígenas, mulheres vítimas de violência, todo esse público que nosso ministério atende ainda precisa de um auxílio."

Saiba mais

A ministra pontuou que a situação financeira do Brasil precisa de atenção, mas que "vai ser entregue alguma coisa para o povo logo." "Nós estamos sendo ouvidos, sim. Mas a gente tem a noção também de que a situação financeira do nosso país precisa ter uma atenção. Mas eu estou participando e vai ser entregue alguma coisa para o povo logo."

Compartilhe:

Comentários (0)

Comentar

Destaque

ir para editoria →

Cotado para presidência da OAB-PB, Raoni Vita diz que é um soldado da classe e critica 'letargia' da atual gestão: "nunca se viu tantos abusos contra a advocacia"

Senadora Nilda Gondim se posiciona a favor da CPI da Pandemia: ''acho muito certo''

Senadora Nilda Gondim é contra aquisição de vacinas pelo setor privado: ''Só se fosse para entregar ao SUS''

Senador Veneziano Vital assume presidência do MDB da Paraíba nesta sexta-feira