UFC

Após vencer Johnny Walker, Jamahal Hill sonha enfrentar Jiri Prochazka: "Seria demais"

Americano venceu luta principal do UFC no último sábado e diz que tem as características para ser uma grande estrela no evento.

Por

Jamahal Hill venceu Johnny Walker na luta principal do UFC no último sábado, em Las Vegas, com um belo nocaute. O americano conseguiu a 10ª vitória de sua carreira, a sexta pela via rápida, e contou, em entrevista coletiva após o evento, como foi o momento decisivo do duelo contra o brasileiro.

- Assim que (o golpe) entrou, eu o vi meio que cambaleando. Quando eu o vi balançar, eu sabia que eu tinha que ir pra cima e acertar mais um para acabar com ele.

Hill, que ocupava a 12ª posição no ranking antes da luta, emendou sua segunda vitória seguida e, apesar de não ter um nome em mente para desafiar na sequência, confessou que gostaria de enfrentar Jiri Prochazka, que tem luta marcada pelo cinturão contra Glover Teixeira no dia 7 de maio, no UFC 274.

O americano aposta que possui boas características para se tornar uma estrela do evento.

- Eu não sei (quem é o próximo). Eu sinto que a categoria está um pouco cansada. Alguns caras precisam tirar uma soneca, e o "Sweet Dreams" está aqui para dar isso a eles.
- A razão pela qual eu quero tanto o Jiri é que eu acho que essa luta seria um sucesso de ambos os lados. Seria demais. Seria bem promovida. Não há tantas outras pessoas com essas habilidades de estrela. Eu acredito que falo bem, me visto bem e luto bem. Tenho essas características. E acredito que ele era um desses caras.

Fonte: Combate.com

Comentários (0)

Comentar

Destaques

ver blog →

Thiago Moisés explica emoção após vitória: "Vinha de duas derrotas"

Após inatividade, Natália Silva mostra alívio com estreia no UFC: "Achei que poderia nem voltar"

Com recorde de bilheteria, presidente do UFC abre o bolso e premia todos os lutadores que nocautearam

Karine Silva e Lucas Almeida faturam bônus de mais de R$ 238 mil logo na estreia no UFC