UFC

Nocauteado por Ortiz, Liddell evita dar desculpas por derrota: "Eu estava em ótima forma"

"Iceman, que havia superado o desafeto duas vezes, tem futuro indefinido: "Não quero pensar sobre isso agora, minha cabeça não está no estado certo de decidir se acabou ou não".

Por

Chuck Liddell foi derrotado no último capítulo da trilogia com Tito Ortiz, sábado, pelo Golden Boy MMA, na Califórnia (EUA). "The Iceman" poderia tentar explicar o nocaute sofrido no round inicial, culpar os oito anos de inatividade, porém, ele simplesmente deu os méritos ao rival.

- Eu apareci, sem desculpas. Eu estava em ótima forma, pronto para lutar, mas ele foi melhor. Então, é isso - declarou na coletiva de imprensa após o evento.

Aposentado desde 2010, quando atuou pela última vez no UFC 115, na derrota por nocaute para Rich Franklin, Liddell não se arrepende do retorno e afirma que o fez por amor.

- Eu adorava estar lá (no octógono). Você tem que entender que amo lutar. Nunca fiz isso por fama ou dinheiro. Não foi por isso que comecei, e sim porque eu adoro. Eu estava pronto. Gostaria de ter feito algumas coisas diferentes, obviamente, mas acontece.

Liddell, que antes da luta declarou que, em caso de derrota, não seguiria adiante na carreira, evitou falar sobre o próximo passo.

- Não quero pensar sobre isso agora, minha cabeça não está no estado certo de decidir se acabou ou não. Mas me senti bem lá, me diverti. Vamos ver, então - encerrou o americano, que havia vencido os dois confrontos com Ortiz, em 2004 e 2006.

Fonte: Combate.com

Comentários (0)

Comentar

Destaques

ver blog →

Curtinhas: Nick Diaz desmente White e nega retorno ao UFC

Dana White exalta coração de Dan Hooker e talento de Edson Barboza: "Ele é mau"

Ronaldo Jacaré reclama de promessa de "title shot" para Spider: "Está vindo de doping"

Marlon Moraes defende que luta com Raphael Assunção valha cinturão interino dos pesos-galos